Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9681
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Autorregulação da aprendizagem em crianças no contexto da violência intrafamiliar
metadata.dc.creator: Asfora, Vivianne Freitas Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Andrade, Josemberg Moura de
metadata.dc.description.resumo: Pesquisas recentes indicam que a violência contra crianças afeta significativamente o equilíbrio neurobiológico e psicológico das vítimas, sobretudo quando quem a pratica são aquelas pessoas que deveriam protegê-las. Contudo, pouco se conhece sobre o seu impacto na autorregulação da aprendizagem, cujo domínio pode levar ao sucesso acadêmico e profissional. Esta pesquisa teve como objetivo principal comparar dois grupos de crianças vítimas e não vítimas de violência intrafamiliar no que se refere à autorregulação da aprendizagem (ARA). Como objetivos específicos buscou-se desenvolver uma medida adequada e com bons parâmetros psicométricos para avaliar a ARA, assim como para verificar se existem diferenças entre vítimas e não vítimas de violência. Participaram deste estudo uma amostra de conveniência (não probabilística) de 220 crianças e adolescentes de João Pessoa-PB, com idades entre 9 e 13 anos. Desses, 20 eram vítimas de violência e moravam em abrigos provisórios. Para a análise dos dados foram utilizados os softwares Factor (10.3.01) e SPSS (20.0), sendo o primeiro empregado para realizar Análises dos Componentes Principais e análises de consistência interna e o segundo para análises descritivas. Quanto aos resultados, pôde-se constatar que o instrumento desenvolvido apresenta bons parâmetros psicométricos, sendo o mesmo válido e preciso, que pode ser utilizado para avaliar a autorregulação da aprendizagem em crianças tanto para fins de pesquisa quanto para fins de diagnóstico. Em relação ao objetivo principal, os achados corroboraram a hipótese de que haveria diferenças entre crianças vítimas e não vítimas quanto à ARA, sendo as primeiras menos autorreguladas em suas aprendizagens. Também observou-se diferenças em relação ao gênero, o que não havia sido previsto inicialmente. A partir dos resultados encontrados, espera-se favorecer intervenções no processo de ensino-aprendizagem de crianças que vivenciam a problemática da violência intrafamiliar.
Abstract: Recent research indicates that violence against children significantly affects the neurobiological and psychological balance of victims, especially when those who practice it are those people who should protect them. However, little is known about its impact on self-regulation of learning, whose mastery can lead to academic and professional success. The main objective of this research was to compare two groups of child victims and non-victims of domestic violence with regard to self-regulation of learning (SRL). As specific objectives, we tried to develop an adequate measure with good psychometric parameters to evaluate SRL, as well as to verify if there are differences between victims and non-victims of violence. A convenience (non-probabilistic) sample of 220 children and adolescents from João Pessoa-PB, ages 9 to 14, participated in this study. Of these, 20 were victims of violence and lived in temporary shelters. For the analysis of the data, the software Factor (10.3.01) and SPSS (20.0) were used, being the first one used to carry out Principal Component Analysis and internal consistency analysis and the second one for descriptive analyzes. Regarding the results, it was possible to verify that the developed instrument presents good psychometric parameters, being the same valid and precise, that can be used to evaluate the self-regulation of learning in children both for research purposes and for diagnostic purposes. Regarding the main objective, the findings corroborated the hypothesis that there would be differences between children victims and non-victims regarding SRL, the first being less self-regulated in their learning. Differences were also observed in relation to gender, which had not been foreseen initially. From the results found, it is hoped to favor interventions in the teaching-learning process of children who experience problematic domestic violence.
Keywords: Psicologia social
Violência intrafamiliar
Autorregulação
Processo ensino-aprendizagem
Validade
Intramily violence
Self-regulation
Teaching-learning process
School performance
Validity
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociência Cognitiva e Comportamento
Citation: ASFORA, Vivianne Freitas Oliveira. Autorregulação da aprendizagem em crianças no contexto da violência intrafamiliar. 2017. 101 f. Dissertação (Mestrado em Neurociência Cognitiva e Comportamento)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9681
Issue Date: 14-Feb-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós Graduação em Neurociências Cognitiva e Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo total879,2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.