Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9752
metadata.dc.type: Tese
Title: Sobre as águas: a tradição e a pesca artesanal em três comunidades da Reserva Extrativista Acaú-PB/Goiana-PB
metadata.dc.creator: Targino, Gekbede Dantas
metadata.dc.contributor.advisor1: Maldonado, Simone Carneiro
metadata.dc.description.resumo: As comunidades pesqueiras litorâneas apresentam realidades diversas que revelam sempre um conhecimento particular sobre seu modo de viver. Nesse sentido, buscamos mostrar, no presente trabalho, uma reflexão sobre a tradição em três comunidades localizadas às margens dos estuários dos rios Goiana e Megaó, dentro da Reserva Extrativista Marinha Acaú/PB-Goiana/PE, criada em 2007 e situada na divisa dos estados da Paraíba e Pernambuco. O campo escolhido deu-se pela predominância da pesca artesanal, apesar da inserção de novos moradores, empreendimentos, pescadores de outros estados, impactos gerados com o crescimento desordenado, entre outros fatores que se interpuseram aos espaços comuns de moradia, trabalho e sociabilidade comunitária. Aspectos dessa mudança são descritos tendo como fio condutor a memória e a tradição. No curso da sociologia e antropologia marítima e pesqueira, foram focadas as mudanças socioculturais que os estuarinos que vivem às margens do rio Goiana e do Megaó vêm vivenciando desde sua constituição, notadamente, as histórias sobre o lugar, as estratégias de trabalho, de sobrevivência, o cotidiano difícil na maré e na “pesca” incerta, da organização social, as manifestações culturais e festividades, ou seja, o modo peculiar de vida daqueles que esboçam na prática pesqueira um conhecimento típico das populações tradicionais. A metodologia contou com a observação participante, recursos da história de vida e registros de depoimentos por meio da história oral. Além disso, nossas observações objetivam também contribuir para uma etnografia de pescadores e pescadeiras que nasceram, cresceram ou residem há mais de 10 anos nas comunidades estudadas. A etnografia sugere uma descrição analítica e descritiva de um modo de vida tradicional reelaborado pela dinâmica social, podendo, assim, contribuir para ações futuras de gestão na Unidade de Conservação (Resex Acaú-Goiana). A tradição é reelaborada e reinventada como forma de resistência da pesca artesanal frente às mudanças e aos impactos vivenciados pelos(as) pescadores(as) e pescadeiras de Acaú-PB, Carne de Vaca- PE, Povoação de São Lourenço-PE, perpassada nas relações sociais e de produção pesqueira e no modo de ser e fazer pescador(a) artesanal.
Abstract: The coastal fishing communities present several realities which always reveal a specific knowledge about their way of living. In this sense, we have tried to show, in this particular research, a reflection about the tradition in three communities located by the banks of the Goiana and Megaó Rivers, which make part of the Marine Extractive Reserve in Acaú/PB-Goiana/PE, established in 2007 and situated on the borders of Paraíba and Pernambuco. The chosen field occurred for the predominance of the small-scale fishing sector, although the insertion of new residents, undertakings, fishers from other states, impacts generated by the disordered growth, among other factors that have got in the way on the common spaces of housing, work and community sociability. Such aspects are described by the memory and tradition. In the marine and fishing sociology and anthropology we have focused on the socio-cultural changes that the estuarine who live on the border of the Goiana and Megaó Rivers have been experiencing since its constitution, mainly, the stories about the place, the work and survival strategies, the hard daily life in the tide and in the uncertain “fishing”, the social organization, the cultural manifests and the celebrations, that is, the peculiar way of life of those who outline in the fishing practice some knowledge which is typical of the traditional populations. The methodology has occurred by the participant observation, resources of life history and registers of testimonials through oral story. Besides, our observations have also aimed to contribute for the ethnography of the fishers who have been born, raised or lived for more than 10 years in the analyzed communities. The ethnography suggests an analytical and descriptive report of a traditional way of living which has been revised by the social dynamics and may, in this way, contribute for future management actions in the Unit of Conservation (Resex Acaú-Goiana). The tradition is re-elaborated and re-invented as a way of small-scale fishing resistance because of the changes and impacts lived by the fishers from Acaú-PB, Carne de Vaca-PE, São Lourenço Village-PE, and this resistance is penetrated in the social and fishing productions and in the way of being and doing the artisanal fisher.
Keywords: Pesca artesanal
Modos de vida
Memória e tradição
Resex Acaú/Goiana
Small-scale fishing
Ways of life
Memory and Tradition
Resex Acaú/Goiana
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Sociologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: TARGINO, Gekbede Dantas. Sobre as águas: a tradição e a pesca artesanal em três comunidades da Reserva Extrativista Acaú-PB/Goiana-PB. 2012. 254 f. Tese (Doutorado em em Sociologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9752
Issue Date: 31-May-2012
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total17,36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.