Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9890
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação contextualizada e convivência com o semiárido brasileiro: perspectivas para o ensino de ciências
metadata.dc.creator: Figueiredo, Gustavo de Alencar
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, José Antônio Novaes da
metadata.dc.description.resumo: Neste trabalho buscamos analisar a compreensão que os/as professores/as de Ciências da Rede Pública municipal de Cajazeiras - PB têm acerca da contextualização do Ensino de Ciências, tomando como referência a proposta de Educação Contextualizada para convivência com o Semiárido. Procuramos, também, refletir sobre as políticas de educação e desenvolvimento para o Semiárido Brasileiro tendo como fundamentação o que foi e está sendo feito para implementar essa proposta de Educação, argumentando sobre como ela pode desconstruir o discurso que historicamente construiu subjetividades acerca do Semiárido no cenário nacional, negando suas verdadeiras potencialidades e os saberes compartilhados ao longo de toda sua existência pelos povos que vivem por toda sua extensão. A contextualização foi o princípio pedagógico tomado como uma das referências utilizadas na análise do currículo de ciências no Ensino Fundamental. O trabalho pautou-se na perspectiva da pesquisa qualitativa, sendo realizado em 04 (quatro) escolas da Rede Municipal de Ensino do município de Cajazeiras – PB. Participaram da pesquisa 08 (oito) professores/as de Ciências Naturais dos anos finais do Ensino Fundamental, que responderam a questões que buscaram investigar a existência, ou não, de relação em suas práticas pedagógicas como uma educação contextualizada na perspectiva da convivência como o Semiárido. Para o nosso caso, acreditamos que as perspectivas da ―descrição densa”, da antropologia interpretativa de Clifford Gleertz, e do pensamento complexo de Edgar Morin, se apresentam como importantes teorias para compreendermos as concepções aduzidas pelos/as protagonistas da pesquisa em tela. Os resultados mostram que é necessário o fortalecimento de uma política de formação inicial e continuada de professores/as de Ciências que articule a inserção de uma educação contextualizada para o Semiárido e que valorize a diversidade cultural existente nesse ambiente. A análise sinaliza, também, para o desconhecimento da Lei 10.639/2003, que orienta o saber-fazer docente no que concerne uma educação para as relações étnico-raciais, bem como verifica o tratamento descontextualizado dos conteúdos ensinados no componente curricular de Ciências Naturais, o que dificulta que os/as estudantes reflitam sobre o verdadeiro papel da Ciência em suas vidas, para que eles/as possam entendê-la como parte de uma cultura produzida por homens e mulheres, bem como a sua relevância na compreensão dos fenômenos naturais observados no mundo que os/as cercam. Palavras – chave: Educação Contextualizada, Semiárido Brasileiro, Diversidade Cultural e Ensino de Ciências.
Abstract: This paper aims to examine the limitations and challenges that must be overcome by these teachers‗ pedagogical practice, as well as the curriculum of schools in the Brazilian semiarid, to the consolidation of a science education that brings with proposal of a contextual education and committed to the sustainable alternatives for living in this region. This study also sought to reflect on the politics of education and development for the Brazilian Semiarid having as foundation which has been and is being done to implement this proposal of Education, arguing how it can deconstruct the discourse that historically constructed subjectivities about semiarid on the national scene, denying their true potential and shared throughout its existence by people who live along its entire length knowledge. Speeches that propagated as truths which were the relations of power-knowledge existing in the society. The context was the pedagogical principle taken as one of the references used in the analysis of the science curriculum in Teaching Fundamental. This study was based on the perspective of qualitative research being conducted in four (04) local schools at Cajazeiras - PB. Eight (08) teachers of Natural Sciences of the final years of Elementary School participated answering questions that seek to investigate the existence, or not, in relation to their teaching as a contextualized education in perspective living as semiarid. For this case, it is believed that the "thick description", in the perspective of interpretive anthropology of Clifford Gleertz and Edgar Morin‘s Complex Thought present themselves as important methods for understanding the concepts put forward by / the screen in search of the protagonists. It was demonstrated they have difficulty in relating the content included in the science curriculum for primary education, with characteristic phenomena (such as drought) observed in the Brazilian Semiarid. The results show that the strengthening of a policy of initial and continuing training of science teachers who articulate the inclusion of a contextualized education for the Semiarid and that values cultural diversity in this environment is necessary. The analysis signals also to the ignorance of the Law 10,639/2003 which guides the know-how teaching concerning education for ethnic-racial relations and checks the decontextualized treatment of the contents taught in the curriculum component of natural sciences, which makes it difficult for students reflect on the true role of science in their lives, so they can understand it as part of a culture produced by men and women, as well as their relevance in the understanding of natural phenomena observed in the world around them.
Keywords: Educação Contextualizada
Semiárido Brasileiro
Diversidade Cultural
Ensino de Ciências
Contextual Education
Brazilian Semiarid
Curriculum
Teaching of Sciences
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: FIGUEIREDO, Gustavo de Alencar. Educação contextualizada e convivência com o semiárido brasileiro: perspectivas para o ensino de ciências. 2017. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9890
Issue Date: 11-May-2017
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2.86 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.