Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11869
metadata.dc.type: Tese
Title: À dissonância da razão: uma interpretação do sublime e da música na estética de Kant
metadata.dc.creator: Araújo, Ana Monique Moura de
metadata.dc.contributor.advisor1: Azevêdo, Edmilson Alves de
metadata.dc.description.resumo: Em nosso trabalho, nós partimos do reconhecimento da apologia de Kant à moralização da cultura estética e da arte, ou mesmo de uma proposta de doutrinação ética da estética. Nisto destacamos como a música sofre um processo de valoração que foge do caráter estético e habita muito mais o tema da ética kantiana, através de um estudo centrado na relação entre o sublime e o musical. O modo como ele aborda a música torna-a, então, passível de ser relacionada ao sentido da experiência estética do sublime terrificante (grässiliche Erhabene), que é contrário ao sublime moral (moralische Erhabene) e é uma categoria estética abordada de maneira ambíngua, tal como a música, em alguns de seus escritos. Confluímos, portanto, a música e o sublime, para avaliarmos uma possibilidade de experiência estética cuja doutrina não se apresenta em sua projeção de pureza (Reinung), mas de nulidade ou impureza, a contragosto da finalidade do projeto lançado pelo próprio Kant. Isto não vem rechaçar o tema da moralidade na estética, mas dar a possibilidade da reinvenção do sentido da moral na confluência com o estético, de maneira a ele ser concebido num caráter menos doutrinário ou imperativo. Isto não abandona os temas caros à ética de Kant, contudo, supera apenas o formalismo ético imposto para retornar ao campo estético, imbuído, por sua vez, também do empírico. Neste caso, trataremos de uma abordagem em que o estético se sobrepõe ao ético e mostraremos como tal empreitada seria inviável sem a recorrência ao tema do sublime e da música em Kant.
Abstract: We recognize the Kant‟s apology for the moralization of aesthetic culture and art, or of the ethics of aesthetics indoctrination. Herein, we show how music undergoes a process of valuation that runs from the aesthetics and stay on ethical and idiosyncratic Kant‟s criteria. The way that he approaches the music makes it, on the other hand, can be related to the sense of the aesthetic experience of terrifying sublime (grässiliche Erhabene), which is contrary to the moral sublime (moralische Erhabene) and is an aesthetic category addressed sparingly as the music in some of his writings. We join the music and the sublime, to evaluate the possibility of aesthetic experience whose morality in purity (Reinung) projection is nullity or impurity. We do not reject the subject of morality and aesthetics in a confluence. We approach the possibility of reinvention of the meaning of moral at the confluence the aesthetic. This means: without doctrine or imperative meaning. This does not abandon the crucial themes in Kant‟s ethics or aesthetics, however, only overcomes the ethical formalism to return to the aesthetic field. In this case, we will try to approach that aesthetic overlaps the ethical and show how such this work would be impossible without recurrence to the theme of the sublime and music in Kant‟s thought.
Keywords: Sublime
Música
Estética
Ética
Moral
Razão
Sublime
Music
Aesthetics
Ethics
Moral
Reason
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Filosofia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11869
Issue Date: 24-May-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total956,91 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons