Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12007
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Memória e ritmicidade circadiana em ratos adolescentes submetidos a um protocolo de dessincronização forçada- modelo T22
metadata.dc.creator: Araújo , Kathlyn Kamoly Barbosa Cavalcanti
metadata.dc.contributor.advisor1: Barbosa, Flávio Freitas
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Crhistiane Andressa da
metadata.dc.description.resumo: A adaptação temporal das espécies ao ambiente é de fundamental importância para garantir a sobrevivência. No entanto, o ritmo da sociedade moderna cada vez mais induz o indivíduo à dessincronização, tanto interna quanto externa, em decorrência de mudanças de fase bruscas como ocorre no trabalho noturno ou em turnos e no Jet Lag social. O mesmo também já é observado em indivíduos adolescentes, que para cumprir com as demandas curriculares e extracurriculares, adotam o hábito de dormir tarde e acordar cedo que leva à privação de sono e a horários irregulares de dormir e despertar. Dessa forma, faz-se importante estudar os efeitos desses deslocamentos de fase crônicos sobre a fisiologia e comportamento de mamíferos jovens. Neste trabalho procuramos caracterizar os efeitos do ciclo CE de 22h, que é um modelo de dessincronização forçada interna, sobre a memória de reconhecimento de objetos e espacial e a expressão da ritmicidade circadiana de ratos adolescentes. Com este objetivo, foram utilizados 44 ratos Wistar machos, divididos em 2 grupos: T24, n=12 (CE 12:12 h) e T22, n=30(CE 11:11 h). O grupo T22 foi subdividido em dois grupos que realizaram os testes, respectivamente: no meio da noite de coincidência entre o ambiente e a noite biológica de cada rato do T22 (n=16) e no meio da noite de não coincidência (n=14). Foram utilizadas as tarefas Reconhecimento de Objetos Novos e Tarefa Espacial Associativa. A atividade motora destes animais foi registrada continuamente e totalizada em intervalos de 5 min. Posteriormente foi analisada por inspeção visual dos actogramas e pelo cálculo da periodicidade circadiana utilizando o programa El Temps. Observamos que os ratos sob T22 apresentaram dois ritmos de atividade motora, um sincronizado ao ambiente, exibindo o mesmo período do ciclo CE de 22 e o outro que se expressou em livre-curso, exibindo um período maior que 24h. Em relação às tarefas de memória analisadas, os animais sob T22 apresentaram prejuízo em suas performances. Concluímos que o ciclo CE de 22 h promove dissociação no ritmo circadiano de atividade motora em ratos adolescentes, prejudicando seu desempenho nas tarefas mnemônicas avaliadas.
Abstract: Temporal adaptation of the species to the environment is of fundamental importance to ensure survival. However, the rhythm of modern society increasingly induces the individual to desynchronization, both internal and external, as a result of abrupt phase changes such as night shift,r shift work or social Jet Lag. The same is observed in adolescent individuals who, in order to comply with curricular and extracurricular demands, adopt the habit of sleeping late and waking up early that leads to sleep deprivation and irregular hours of sleep and awakening. Thus, it is important to study the effects of chronic phase shifts on physiology and behavior of young mammals. In this work we attempt to characterize the effects of LD cycle of 22h , a model of internal forced desynchronization, on recognition memory of objects and space and the expression of circadian rhythmicity of adolescent rats. For this purpose, 44 male Wistar rats were used, divided into 2 groups: T24, n = 12 (LD 12:12 h) and T22, n = 30 (LD 11:11 h). The T22 group was subdivided into two groups that performed the tests, respectively: in the middle of coincidence nights between the environment and the biological night of each rat (n=16) and in the middle of non-coincidence nights (n=14). The tasks New Object Recognition and Associative Spatial Task were used. The locomotor activity of these animals was recorded continuously and totalized at 5 min intervals. Later it was analyzed by visual inspection of actograms and calculation of circadian periodicities using the program El Temps. We observed that rats under T22 presented two rhythms of motor activity, one synchronized to the environment, exhibiting the same period of the LD cycle, and other in free-running, expressing a period longer than 24h. Regarding the analyzed memory tasks, the animals under T22 presented a loss in their performance.Based on that, we conclude that the LD cycle of 22h promotes dissociation in the circadian rhythm of motor activity in adolescent rats, impairing their performance in the mnemonic tasks evaluated.
Keywords: Ritmo biológico
Sistema de temporização circadiana
Dessincronização
Biological rhythm
Circadian timing system
Desynchronization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociência Cognitiva e Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12007
Issue Date: 28-Sep-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós Graduação em Neurociências Cognitiva e Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.