Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12719
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O quartinho: a dependência doméstica na habitação multifamiliar na cidade de João Pessoa(PB) no século XXI
metadata.dc.creator: Morais, Fernando de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Maia, Doralice Sátyro
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa tem como objetivo analisar e revelar as configurações contemporâneas do quarto de empregada, popularmente conhecido por “quartinho”, que integra moradia e trabalho, a partir dos anúncios de lançamentos de apartamentos na cidade de João Pessoa no intervalo temporal de 2001 a 2015. A Dependência Completa de Empregada (DCE) tem passado por transformações na história da casa brasileira, sendo considerado um espaço indissociável da residência urbana, e, até mesmo, representante dos resquícios modernos da senzala, segundo os autores Reis Filho, Carlos Lemos, Yves Bruand, Chico Veríssimo e William Bittar. Recentemente, com as conquistas de direitos trabalhistas, com mudanças na economia e com a diversificação do modo de morar, tema estudado por Antônio Cabrita e Douglas Brandão, a habitação brasileira tem sofrido alterações na forma e no uso. A problemática instigou a formulação de questões que conduziram a pesquisa: quais são e como se dão as configurações contemporâneas espaciais da dependência de serviço nas residências multifamiliares da cidade de João Pessoa, enquanto espaço socialmente produzido? A hipótese trabalhada foi a de que esse espaço tende a não desempenhar sua designação original de dormitório para o trabalhador doméstico, além de apresentar dimensões reduzidas em relação à produção do século XX. Para responder à questão anteriormente citada, a pesquisa deu-se a partir do levantamento de anúncios de lançamentos de apartamentos na sessão dos classificados dos jornais da cidade de João Pessoa no período anteriormente citado e nos websites das construtoras, a fim de registrar o maior número de concepções do quarto de empregada nos edifícios residenciais. Posteriormente, elegeram-se os edifícios mais representativos dentre as tipologias identificadas e os elementos de análise: localização, acesso, dimensões e disposição de mobiliário. A realização das visitas nas unidades habitacionais deu-se para testemunhar os seus usos atuais, utilizando-se o registro fotográfico e a medição do espaço in loco. O estudo revela que a oferta do quarto de empregada está relacionada diretamente ao poder aquisitivo do proprietário. Contudo, o seu uso tem reduzido consideravelmente devido à preferência pelas novas formas de prestação de serviço doméstico sem vínculo empregatício e sem a permanência do trabalhador na residência do patrão, às novas formas de habitar, ao perfil das famílias e às necessidades de uso e funções do espaço doméstico. Em relação à produção desse espaço, afirma-se que na maior parte dos anúncios coletados, os incorporadores e as construtoras atribuem dimensões mínimas, ou abaixo destas, além de outros recursos que desfavorecem o quarto em relação ao demais cômodos da residência. Assim, a pesquisa contribui para o registro iconográfico e arquitetônico, bem como para a discussão acerca da evolução dos modos de habitar na sociedade brasileira, particularmente da camada de rendimentos médio a alto na cidade de João Pessoa, e seus rebatimentos nos espaços residenciais, além de fornecer subsídios que embasem a ação projetual, trazendo uma reflexão sobre as transformações do “quartinho”.
Abstract: The research aims to analyze and reveal the contemporary settings of the maid's room, popularly known as "little room", which integrates the worker’s housing and workplace, from the apartment launches ads in the city of João Pessoa in the time span from 2001 to 2015. The maid's room has undergone transformations in the history of Brazilian homes, being considered an indissoluble space of the urban residence, and even representative of the modern remnants of the slaves quarters, according to the authors Reis Filho, Carlos Lemos, Yves Bruand, Chico Veríssimo and William Bittar. Recently, with the achievements of labor rights, with changes in the economy and with the diversification of the way of living, a subject studied by Antônio Cabrita and Douglas Brandão, Brazilian housing has undergone changes in form and use. Such problematic instigated the formulation of questions that led to this research: what and how are the contemporary spatial configurations of the service area in the multifamily residentials of the city of João Pessoa as a socially produced space? The elaborated hypothesis was that this space tends not to perform its original designation as a dormitory for the domestic worker, also presenting reduced dimensions in relation to the ones built in the twentieth century. In order to answer the aforementioned question, the research was based on an analysis of apartment launches ads in newspapers classifieds of the city of João Pessoa, in the aforementioned period, and on construction companies websites, in order to record the highest number of conceptions of the maid's room in residential buildings. Subsequently, the most representative buildings were chosen from among the typologies identified and the elements of analysis: location, access, dimensions and furniture layout. On-site visits to the housing units were made to witness their current uses, using photographic record and the measurement of the space in loco. The study reveals that the supplying of a maid's room is directly related to the owner purchasing power. However, its use has been reduced considerably by the preference for new forms of domestic service without employment and without the worker living in the employer house, the new forms of living, the profile of families and the needs of the use and functions of the domestic space. In relation to the production of this space, it is stated that in the majority of ads collected, the developers and construction companies assign minimal dimensions to the maid’s rooms or even less than the ones advertised, as well as other resources that depreciate the maid’s room in relation to the other rooms of the residence. Thus, the research contributes to the iconographic and architectural record, as well as to the discussion about the evolution of the ways of living in Brazilian society, particularly the medium to high income layers in the city of João Pessoa, and its refusals in residential spaces,also providing subsidies that support the projectual action, bringing a reflection on the transformations of the "little room".
Keywords: Quarto de empregada
Dependência completa de empregada (DCE)
História da habitação brasileira
Habitação multifamiliar
João Pessoa (cidade)
Maid's room
Housekeeper room
History of brazilian housing
Multifamily housing
Joao Pessoa (city)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Arquitetura e Urbanismo
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12719
Issue Date: 31-Jan-2017
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total13,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons