Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13418
metadata.dc.type: TCC
Title: Estudo da vida de ferramentas de corte em processos de usinagem através de modelos de confiabilidade
metadata.dc.creator: Albuquerque, Kássio Yves de Azevedo
metadata.dc.contributor.advisor1: Peruchi, Rogério Santana
metadata.dc.description.resumo: A vida de ferramenta de corte tem influência nos custos finais do produto usinado no processo de usinagem. Desse modo, é fundamental que se tenha critérios para definir a sobrevivência da ferramenta para que esta possa ser substituída ou reafiada antes que apresente falhas que irão influenciar na qualidade da peça. Existem vários modelos estatísticos que são usados na análise de dados de tempo até a falha ocorrer. Portanto, para a análise de vida útil da ferramenta foi comparado o método de Máxima Verossimilhança em relação ao método mais utilizado que é o de Mínimos Quadrados Ordinários, com a finalidade de mostrar quais as vantagens e desvantagens ao utilizar cada método. Após as análises do processo, a combinação de fatores que maximizam o TTF da ferramenta são: para o avanço (f) = 0,38, para a rotação (rpm) = 235 e a geometria quadrada, os dois métodos chegaram a mesma conclusão. O Método de Máxima Verossimilhança apresentou vantagens com maior relevância, pois é capaz de obter informações mais fundamentais para análise da vida da ferramenta. No presente trabalho, foi estimada a confiabilidade da ferramenta para uma sobrevivência de 1000 mm e foi estimada a sobrevivência para as confiabilidades de 5% e 50%, para todas as combinações entre os níveis de avanço, rotação e geometria
Abstract: The life of cutting tool has influence on the final costs of the product machined in the process of machining. Thus, it is fundamental to have criteria to define the survival of the tool so that it can be replaced or re-fired before it fails. influence the quality of the part. There are several statistical models that are used in the time until failure occurs. Therefore, for the analysis of tool life it was compared the maximum likelihood method in relation to the most used method that is Ordinary Least Squares, in order to show the advantages and disadvantages of disadvantages when using each method. After the process analyzes, the combination of factors that maximize the TTF of the tool are: for feed (f) = 0.38, for rotation (rpm) = 235 and square geometry, the two methods came to the same conclusion. The Maximum Method Likelihood has presented advantages with greater relevance, since it is able to obtain information for tool life analysis. In the present study, estimated the reliability of the tool for a survival of 1000 mm and was estimated to survival rates for 5% and 50% reliabilities, for all combinations between levels of advancement, rotation and geometry.
Keywords: Máxima Verossimilhança
Mínimos Quadrados Ordinários da Ferramenta
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Produção
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13418
Issue Date: 8-May-2018
Appears in Collections:TCC - Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KYAA30052018.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.