Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1377
metadata.dc.type: TCC
Title: O filme Mary e Max: uma amizade diferente na representação da Síndrome de Asperger
metadata.dc.creator: Rocha, Anny Carollyne Miranda da
Souza, Elizabeth Bezerra de
Brito, Naya Mayane Macena de
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Alásia Santos Ramos
metadata.dc.description.resumo: Nosso trabalho de conclusão de curso teve como objetivo analisar o filme Mary e Max –uma amizade diferentea fim de ampliar a nossa compreensão do que é a Síndrome de Asperger no interior do espectro autista, a partir do entendimento e da aplicação semiótica e hermenêutica da linguagem cinematográfica. Para tanto, conceituamos e caracterizamos a Síndrome de Asperger no contexto da educação especial; tendo como aporte principal a linguagem cinematográfica. Resumimos e analisamos o filme Mary e Max -uma amizade diferente a partir de breves teorizações sobre o cinema e o espectro autista, tendo a metodologia hermenêutica como horizonte de compreensão que possibilitou procedermos a uma análise vertical sobre o filme supracitado, bem como sobre, Max, o personagem principal da narrativa. Obtivemos como principais conclusões que para a pessoa com síndrome de Asperger é mais difícil construir uma autoimagem, pois suas habilidades sociais por causa das emoções e sensibilidades reduzidas são sociais e culturalmente prejudiciais; dificilmente não saem das rotinas, porque vêemo mundo de forma sistemática, organizada, racional e até literal, não havendo espaço para erros ou divergências; têm dificuldades na linguagem, na comunicação, na coordenação motora; e o não interesse por determinados assuntos; em relação a aprendizagem e pensamentos vimos que o Asperger constrói um pensamento bastante abstrato, não demonstrando um senso prático sobre a vida e seu cotidiano, por isso, a sua aprendizagem ocorre de maneira a desconsiderar os aspectos emocionais e supervalorizar os aspectos intelectuais do processo, tornando sua apreensão do mundo literal e lógica dentro da forma organizada de como ele pensa o mundo, que definitivamente não parece com o mundo em que vivemos, com toda sua complexidade e desorganização; o personagem principal do filme abordado, assim como o Asperger em suas nuances ver o mundo politicamente correto, com suas leis sendo aplicadas ao pé da letra, ou seja, uma realidade super organizada; a quase ausência de emoções impede sua compreensão mais integral do mundo.
Abstract: The present work has for target the analysis of Mary and Max movie - a different friendship - in order to expand comprehension regarding Asperger syndrome inside Autistic Spectrum, from understanding hermeneutics and semiotics application of the movie language. For this reason Aspenger syndrome was conceptualized and described in the special education context considering movie language inputs. The movie Mary and Max was summarized and analysed from short theorising regarding the cinema and autistic spectrum through hermeneutic methodology as a way of understanding as long as it also enabled a vertical analysis about the movie, especially the main character Max. The most relevant conclusions were that a person who has Asperger syndrome will have difficulties to build up a self image, once his social skills, due to reduced emotions and sensibility, are culturally affected. The subject sees the world in a systematic, organized, rational way, even literally, never accepting breaking out of routine, once there is no space for mistakes or divergences. He also presents language and communication struggles, motor skills troubles and also shows no interests regarding some subjects regarding learning and thinking. The Asperger subject often builds up abstract thinking while he doesn ́t show a practical daily sense, for this reason his learning process disregards emotional aspects and overvalues intellectual processing, which makes his life point of view quite literal and logical, inside his organized background, which does not take any consideration with the real world with its complexity and disorganization. The main movie character Max as an Asperger subject, sees the world politically correct, with its regulations been applied word by word, over organized, disregarding emotions and whole world comprehension.
Keywords: Síndrome de Asperger
Espectro autista
Ensino - aprendizagem
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1377
Issue Date: 6-Oct-2016
Appears in Collections:TCC - Pedagogia - CE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ACMR06102016.pdf944,99 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.