Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14830
metadata.dc.type: Tese
Title: Análise da influência da carga de hidrogenação na tenacidade à fratura quase estática de juntas soldadas dissimilares
metadata.dc.creator: Costa, Esdras Carvalho da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cavalcante, Danielle Guedes de Lima
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho analisou a influência da carga de hidrogênio na tenacidade quase estática de uma junta soldada dissimilar, constituída dos metais de base aço AISI 8630M e ASTM A-36, tendo como metal de adição o arame AWS ERNiCrMo-3 (comercialmente conhecido como INCONEL 625). A referida junta, que é uma das mais utilizadas no setor petrolífero, vem apresentando fraturas frágeis nas regiões da ZTA, em conseqüência das transformações metalúrgicas e mecânicas causadas pelo aporte térmico de soldagem. O parâmetro de tenacidade à fratura utilizada foi o de deslocamento de abertura da ponta da trinca, conhecido como CTOD (Crack Tip Open Displecement). Por se tratar de uma junta soldada os corposde-prova utilizados foram do tipo SE(B), submetidos à flexão em três pontos e testados ao ar após previa hidrogenação. A hidrogenação dos corpos de prova de CTOD foi realizada em solução de NaCl sob cargas de – 650 mVSCE, - 850 mVSCE e – 1100mVSCE. Os testes eletroquímicos de permeação utilizados na quantificação do hidrogênio retido foram realizados tanto na ZTA quanto no MB em dois níveis de carga de -650 mVSCE e 1100mVSCE. Em termos do parâmetro CTOD, os resultados não indicaram influência do hidrogênio na fragilização da junta soldada, analisados nos três níveis de pré – cargas de hidrogenação pré – estabelecidos. Por sua vez, em termos de permeação por hidrogênio, houve um aumento no número de sítios intersticial aprisionadores da ZTA em comparação com o MB.
Abstract: The present work analyzed the influence of hydrogen on the quasistatic toughness of welded joint dissimilar, consisting of AISI 8630M and ASTM A-36 steel base metals, with AWS ERNiCrMo-3 filler metal (commercially known as INCONEL 625). This joint, which is one of the most used in the oil industry, has presented brittle fractures in the ZTA regions, as a consequence of the metallurgical transformations and residual stresses caused by the thermal welding. The fracture toughness parameter used was the crack tip aperture displacement, known as Crack Tip Open Displecement (CTOD). Because it was a welded joint, the specimens used were of type SE (B), submitted to three-point bending and tested in the air after previous hydrogenation. The hydrogenation of CTOD specimens was performed in NaCl solution under loads of -650 mVSCE, -850 mVSCE and -1100 mVSCE. The electrochemical permeation tests used in the quantification of the retained hydrogen were performed in both the ZTA and the MB at two load levels of -650 mVSCE and -1100 mVSCE. In terms of the CTOD parameter, the results did not indicate the influence of the hydrogen in the welded joint embrittlement, analyzed in the three levels of established hydrogenation preloads. In turn, in terms of hydrogen permeation, there was an increase in the number of trapping sites of HAZ compared to MB.
Keywords: Tenacidade quase estática
Permeação por hidrogênio
Junta soldada dissimilar
Hidrogenação
Hidrogênio - Fragilização
CTOD
Quasistatic toughness
Hydrogen permeation
Weld strength mismatch
Hydrogenation
Embrittlement
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia Mecânica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14830
Issue Date: 30-Aug-2018
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivototal15,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons