Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1647
metadata.dc.type: TCC
Title: Percepção de idosos sobre o processo de transição ocupacional: do trabalho à aposentadoria
metadata.dc.creator: Silva, Erika Carneiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Gomes, Marcia Queiroz de Carvalho
metadata.dc.description.resumo: No processo de envelhecimento um dos momentos que os idosos passam é a transição ocupacional do trabalho à aposentadoria. Este momento pode ser vivenciado com sofrimento e perdas ou como oportunidade de vivenciar novas atividades ocupacionais ou retomada de atividades significativas. Existem poucos estudos que investigaram como ocorre esse processo de transição ocupacional. Este estudo tem como objetivo compreender como o idoso percebe o processo de transição ocupacional do trabalho para a aposentadoria e suas implicações no cotidiano e na sua saúde. Trata-se de estudo descritivo e exploratório, contemplando uma abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa oito idosos de ambos os sexos, aposentados. Os dados foram coletados através de uma entrevista semiestruturada, e foram analisados utilizando a análise de conteúdo. Essa pesquisa traz como resultados que o trabalho é considerado uma ocupação de suma importância na vida dessas pessoas, tanto que, mesmo após a aposentadoria, o trabalho continua sendo um reorganizador do cotidiano de muitos deles. O trabalho representa a possibilidade de (re)inserção social e gera sentimentos de utilidade para os mesmos. Pode-se concluir que no início da aposentadoria ocorre uma fase de reorientação, na qual os idosos precisam de uma preparação para reestruturar seu tempo e as atividades que irão se empenhar nessa nova fase da vida, de modo que possam estar realizando ocupações significativas e sintam-se satisfeitos, ativos e socialmente integrados.
Abstract: In the aging process of the times that the elderly spend is occupational transition from work to retirement. This moment can be experienced with suffering and loss or as an opportunity to experience new occupational activities or resumption of meaningful activities. There are few studies that investigated how is this process of occupational transition. This study aims to understand how the elderly perceive the process of occupational transition from work to retirement and its implications in daily life and your health. It is a descriptive and exploratory study, contemplating a qualitative approach. The participants were eight elderly men and women, retired. Data were collected through a semi-structured interview and analyzed used content analysis. This research brings as a result the work is considered an occupation of paramount importance in their lives, so that even after retirement, work remains one of the many daily reorganizing. The work is the possibility of (re) integration and generates feelings of use to them. It can be concluded that early retirement occurs a phase shift, in which older people need a preparation to restructure their time and activities that will engage this new phase of life, so that they can be performing significant occupations and feel If satisfied, active and socially integrated.
Keywords: Aposentadoria
Terapia Ocupacional
Idoso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Terapia Ocupacional
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1647
Issue Date: 2-Jun-2016
Appears in Collections:TCC - Terapia Ocupacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ECS 13062016.pdf690,66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons