Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3441
metadata.dc.type: TCC
Title: “Se tem da outra, por que não pode ter uma assim?” um estudo sobre a concepção da educação enquanto experiência comunitária na educação popular: dialogando com Paulo Freire e Carlos Rodrigues Brandão
metadata.dc.creator: Almeida, Aline Rodrigues de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Alexandre Magno Tavares da
metadata.dc.description.resumo: O trabalho apresenta aspectos da educação enquanto experiência comunitária na educação popular, a partir de estudo e análise das concepções dos autores Paulo Freire e Carlos Rodrigues Brandão, percorrendo os caminhos que os saberes atravessam pelo sentir, pensar e agir dos próprios educandos e educandas, como esses sujeitos decodificam e aplicam-nos em seu cotidiano. A pesquisa tem caráter bibliográfico, através do estudo de obras já publicadas, além de ser qualitativa, exploratória e dialética, com a construção de novas hipóteses de relevância para a sociedade. A escolha por esse tipo de pesquisa se deu devido à importância de se aprofundar o estudo das concepções de educação popular em uma perspectiva comunitária, a fim de enxergar novas possibilidades de aplicação em situações práticas percebidas no curso de Pedagogia, tomando como ponto de partida os Estágios Supervisionados em Educação de Jovens e Adultos. A partir das falas e inquietações provocadas por esses autores, discutimos a possibilidade e a urgência de uma educação que emane das necessidades dos sujeitos, que construa o saber junto a eles, que priorize o ensino útil às suas especificidades e que traduza a cultura de sua gente. O estudo foi tecido a partir das leituras de obras de Freire, Brandão e de outros autores que comungam de suas teorias, com o intuito de verificar indícios da existência e da efetividade de uma outra educação. Passando pela observância do contexto histórico em que a educação brasileira está inserida e pelo qual se constituiu, somos conduzidos a um revisitar das experiências de estágios em EJA do curso de Pedagogia, em que foi possível vivenciar avanços e retrocessos da educação. Nessa perspectiva, o trabalho, ao discutir a existência de uma educação da e com a comunidade, contribui para a construção de novos paradigmas para a educação, abrindo um leque de possibilidades para a emancipação e para a transformação social.
Abstract: The work presents aspects of education as a community experience in popular education, based on the study and analysis of the conceptions of the authors Paulo Freire and Carlos Rodrigues Brandão, traversing the paths that know the knowledge through the feel, think and act of the students themselves, as these subjects decode and apply them in their daily lives. The research has a bibliographic character, through the study of works already published, besides being qualitative, exploratory and dialectical, with the construction of new hypotheses of relevance for society. The choice for this type of research was due to the importance of deepening the study of conceptions of popular education in a community perspective, in order to see new possibilities of application in practical situations perceived in the course of Pedagogy, taking as a starting point the Supervised Internships in Youth and Adult Education. From the speeches and anxieties provoked by these authors, we discuss the possibility and urgency of an education that emanates from the subjects needs, that builds the knowledge with them, that prioritize the teaching useful to its specificities and that translates the culture of its people. The study was woven from the readings of works by Freire, Brandão and other authors who share their theories, in order to verify evidence of the existence and effectiveness of another education. Passing on the historical context in which Brazilian education is inserted and by which it was constituted, we are led to a revisit of the internship experiences in EJA of the Pedagogy course, in which it was possible to experience advances and setbacks of education. In this perspective, work, when discussing the existence of an education of and with the community, contributes to the construction of new paradigms for education, opening a range of possibilities for emancipation and for social transformation.
Keywords: Educação popular
Experiência comunitária
Educação emancipatória
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3441
Issue Date: 1-Dec-2017
Appears in Collections:TCC - Pedagogia - CE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ABSA14122017.pdf527,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.