Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4529
metadata.dc.type: TCC
Title: ESTUDO RETROSPECTIVO DAS DOENÇAS DE SUÍNOS DIAGNOSTICADAS NO LABORATÓRIO DE PATOLOGIA VETERINÁRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
metadata.dc.creator: Vasconcelos, Alberes Catão de
metadata.dc.contributor.advisor1: Lucena, Ricardo Barbosa de
metadata.dc.contributor.referee1: Barbosa, Francisca Maria Sousa
metadata.dc.contributor.referee2: Silva Neto, José Ferreira da
metadata.dc.description.resumo: A saúde dos suínos depende do equilíbrio entre vários fatores como alimentação adequada, água de qualidade, instalações e manejo corretos. O desequilíbrio desses fatores resulta na ocorrência de doenças na população suína na área de influência do Laboratório de Patologia Veterinária da Universidade Federal da Paraíba, foi realizado um estudo retrospectivo de todos os casos diagnosticados no laboratório de Patologia Veterinária no período de Janeiro de 2013 a Dezembro de 2017, sendo separados 32 casos com diagnostico conclusivo. A criação de suínos no Agreste Paraibano é predominantemente familiar, resultando muitas vezes em falta de informações técnicas e aprimoramento para criação como consequência tem-se uma criação de subsistência juntamente com manejo higiênico sanitário precário, levando dessa forma ao surgimento das enfermidades. As doenças infecciosas e parasitárias foram as mais prevalentes [23 (71,87%)], seguida por suínos que apresentaram outros distúrbios variados [7 (21,87%)] e em menor prevalência as doenças metabólicas ou nutricional [1 (3,12%)]. As viroses foram responsáveis pela metade das causas da morte dos suínos estudados, revelando dessa forma a influência de diferentes fatores como o manejo, fatores ambientais e nutricionais, nas criações de suínos da região. As principais doenças diagnosticadas em suíno da mesorregião Agreste da Paraíba foram à circovirose e a parvovirose. Conclui-se que as doenças infecciosas são as principais causas de morte na região estudada.
Abstract: The health of pigs depends on the balance between various factors such as adequate food, quality water, facilities and correct handling. The imbalance of these factors results in the occurrence of diseases in the swine population in the area of influence of the Laboratory of Veterinary Pathology of the Federal University of Paraíba, a retrospective study of all the cases diagnosed in the laboratory of Veterinary Pathology from January 2013 to December of 2017, with 32 cases with a conclusive diagnosis being separated. Pig breeding in Agreste Paraibano is predominantly family-run, often resulting in a lack of technical information and improvement for breeding, as a consequence, there is a subsistence breeding together with precarious sanitary hygiene, thus leading to the onset of diseases. Infectious and parasitic diseases were the most prevalent [23 (71.87%)], followed by pigs that presented other varied disorders [7 (21.87%)] and lower prevalence of metabolic or nutritional diseases [1, 12%)]. Viruses were responsible for half the causes of death of pigs studied, thus revealing the influence of different factors, such as management, environmental and nutritional factors, on pig farms in the region. The main diseases diagnosed in pigs in the Agreste region of Paraíba were circovirosis and parvovirus. It is concluded that infectious diseases are the main causes of death in the studied region.
Keywords: Enfermidades
Manejo sanitário
Suinocultura
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Veterinárias
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4529
Issue Date: 10-Jul-2018
Appears in Collections:TCC - Medicina Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ACV18072018.pdf545,23 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.