Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/721
metadata.dc.type: TCC
Title: Modelagem da taxa de analfabetismo no estado da Paraíba via modelo de Regressão Beta.
metadata.dc.creator: Silva, Camila Ribeiro.
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Tatiene Correia de.
metadata.dc.description.resumo: O analfabetismo se constitui em um dos mais fundamentais problemas da sociedade brasileira e, consequentemente, é um dos temas mais debatidos quando se discutem políticas sociais. A taxa de analfabetismo é um índice que há muito desafia os brasileiros, estando presente há muito tempo na sociedade. Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda, defendeu FREIRE (1979). As taxas de analfabetismo no Brasil, normalmente tratadas dentro do universo de números e metas, deveriam, segundo especialistas em educação, ser também analisadas dentro da área de política social e econômica, já que a população considerada analfabeta _e a mesma que sofre de outros problemas que afligem o país. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente, no Brasil são aproximadamente 14 milhões de analfabetos. A maior parte se encontra na região Nordeste, em municípios com até 50 mil habitantes, na população com mais de 15 anos, entre negros e pardos e na zona rural. No Estado da Paraíba, não saber ler nem escrever é a realidade vivida por cerca de 21,6% dos paraibanos com 15 anos ou mais, afirma o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Segundo os dados, a Paraíba é o terceiro Estado do país com o maior índice de analfabetos e ocupa a terceira posição, entre as unidades da Federação, com a menor média de anos de estudo. Neste contexto, ajustamos um modelo de regressão beta FERRARI & CRIBARI-NETO (2004) com o intuito de explicar a taxa de analfabetismo no Estado da Paraíba. Diferentemente do modelo de regressão linear, o modelo de regressão beta possui aplicabilidade na modelagem de variáveis do tipo taxas ou proporções. O mesmo proporciona uma maior flexibilidade para a modelagem, fornecendo estimativas mais precisas, quando se trata de dados no intervalo (0,1).
Keywords: Pesquisa estatística
Modelo de regressão Beta
Analfabetismo
metadata.dc.publisher.department: Estatística
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/721
Issue Date: 15-Aug-2014
Appears in Collections:TCC - Estatística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CRS15082014.pdf745,08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.