Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4017
metadata.dc.type: Tese
Title: Aspectos higiênico-sanitários, físico-químicos e microbiota lática de leite cru, queijo de coalho e soro de leite produzidos no Estado da Paraíba
metadata.dc.creator: Freitas, Wilma Carla de
metadata.dc.contributor.advisor1: Travassos, Antonio Eustaquio Resende
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Maciel, Janeeyre Ferreira
metadata.dc.description.resumo: O queijo de coalho é um produto tradicional do nordeste brasileiro, sendo amplamente consumido no estado da Paraíba, todavia o conhecimento da sua microbiota autóctone é de fundamental importância. Esta pesquisa teve como objetivos: avaliar as condições higiênico-sanitárias e físico-químicas de leite cru, queijo de coalho e soro de leite de três propriedades (A, B e C), situadas respectivamente nas mesorregiões do Agreste, Borborema e Sertão paraibanos e compará-los com os padrões da legislação; avaliar o perfil dos consumidores de queijo de coalho; isolar, caracterizar e identificar as bactérias láticas dessas amostras usando duas metodologias, comparando-as e verificar a atividade antimicrobiana dessas bactérias identificadas frente a Salmonella enterica, S. aureus e L. monocytogenes. Em nove amostras de leite, queijo coalho e de soro de leite, foram realizadas às seguintes análises: contagem de bactérias aeróbias mesófilas, NMP de coliformes totais e termotolerantes, contagem de S. coagulase positiva, pesquisa de Salmonella, umidade, proteína, lipídios, extrato seco total, sólidos não gordurosos, gordura no extrato seco, cinzas, acidez, pH, densidade e atividade de água. Nas amostras de leite, queijo e soro provenientes das três propriedades os coliformes termotolerantes e S. aureus estiveram presentes em números acima do recomendado, indicando condições higiênico-sanitárias insatisfatórias da matéria-prima e produto final. Nas análises físico-químicas, foi verificada acidez elevada nas amostras de leite dos produtores B e C e quanto à gordura e umidade as amostras de queijo de coalho foram consideradas queijos gordos, de alta a muito alta umidade. As contagens de bactérias láticas do leite cru dos produtores A, B e C foram de 104 a 106 UFC/mL, nas do soro dos três produtores na ordem de 107 UFC/mL, e as do queijo 106 (A e B), enquanto que o queijo do produtor C obteve as maiores contagens (109 UFC/g). Foram isoladas 112 colônias típicas de bactérias láticas das três amostras e os gêneros predominantes foram: Enterococcus, Lactococcus, Streptococcus e Leuconostoc. De um total de vinte isolados de queijo, doze foram identificadas pelo KIT API. As duas metodologias utilizadas para comparação na identificação dos gêneros coincidiu 25%, divergindo com a maioria das identificações realizadas pela metodologia segundo Cogan et al. (1997). Dos vinte isolados, dezenove apresentaram halos de inibição sobre as três bactérias patogênicas, com zonas de inibição de 2 a15 mm sendo os maiores halos formados por Lactococcus lactis ssp lactis sobre S. enterica e S. aureus. Entretanto, a atividade antimicrobiana revelada por alguns isolados de bactérias láticas sugerem a possibilidade de seu uso contra patógenos e podem atuar como uma barreira no desenvolvimento destes micro-organismos, bem como conservantes biológicos no queijo de coalho.
Abstract: The coalho cheese is a traditional product made in northeastern Brazil, is widely consumed in the state of Paraiba and knowledge of their indigenous microflora is of the fundamental importance. Thus, this study aim to: verify the microbiological and physical-chemistry characteristics of raw milk, whey and coalho cheese the three properties (A, B and C), respectively located in the regions of Paraiba and compare them with the legislation; to evaluate the profile of consumers of coalho cheese; isolate, characterize and identify lactic acid bacteria in these samples using two methods, comparing them and check the antimicrobial activity against these bacteria identified as Salmonella enterica, S. aureus and L. monocytogenes. Samples of raw milk and nine of cheese were submitted the following tests: standard plate count (SPC), the Most Probable Number (MPN) of total and thermotolerant coliforms, S. aureus, Salmonella; and analysis of pH, water activity, acid, protein, fat, total solids, nonfatty solids, fat in dry matter, humidity, ashes, chlorides and density. The samples of milk, whey and cheese, thermotolerant coliforms and S. aureus were present in numbers above the recommended level, indicating inadequate sanitary conditions of the raw milk and the final product. Regarding the physical-chemical analysis, was found high acidity in milk samples from the producers B and C and cheese samples were considered fat, high and very high humidity. The lactic acid bacteria counts of raw milk from producers B and C were in the order of 106 CFU/ mL in the whey and three producers of 107 CFU/mL, while cheese producer C obtained the highest counts (109 CFU/g). The 112 typical colonies of lactic acid bacteria were isolated and yours distribution of from the products were: Enterococcus, Lactococcus, Streptococcus and Leuconostoc. From a total of twenty isolates, twelve were identified by the API kit. The two methods used for comparison in the identification of genera, only 25% coincided and diverged with the majority of identifications performed by the second method of the Cogan et al., (1997). Of the twenty isolates, nineteen showed inhibition halos on three pathogenic bacteria, with inhibition zones 2 to 15 mm being the largest halos formed by Lactococcus lactis ssp lactis on S. enterica and S. aureus. However, the antimicrobial activity displayed by some lactic acid bacteria isolates suggest the possibility of its use against pathogens and can act as a barrier in the development of these micro-organisms and biological preservatives in coalho cheese.
Keywords: Queijo regional
Bactérias láticas
Condições higiênico-sanitários
Coalho cheese
Acid lactic bacteria
Hygienic sanitary
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Química e Bioquíma de Alimentos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: FREITAS, Wilma Carla de. Aspectos higiênico-sanitários, físico-químicos e microbiota lática de leite cru, queijo de coalho e soro de leite produzidos no Estado da Paraíba. 2011. 91 f. Tese (Doutorado em Química e Bioquíma de Alimentos) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4017
Issue Date: 29-Sep-2011
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.39 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.