Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4080
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Limiar de detecção para gosto primário em idosos praticantes de atividade física
Other Titles: Detection threshold for primary taste in elderly practitioners of physical activity
metadata.dc.creator: Abreu, Amanda Kelle Fernandes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Moreira, Ricardo Targino
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santos, Esmeralda Paranhos dos
metadata.dc.description.resumo: Indivíduos da terceira idade representam um dos segmentos da população que mais tem aumentado nos últimos anos. No Brasil, as estimativas apontam para os próximos 20 anos que a população idosa irá exceder 30 milhões de pessoas, o que pode chegar a representar quase 13% da população. A atividade física regular proporciona uma das maiores oportunidades para se melhorar a qualidade de vida, melhorar as condições físicas e reduzir a incapacidade e limitações funcionais dos idosos. O crescente aumento da população idosa vem despertando a necessidade de se compreender as mudanças que ocorrem nessa fase de vida, bem como suas implicações, uma vez que, durante o envelhecimento, ocorrem diversas transformações fisiológicas que podem afetar a percepção de alimentos por consumidores idosos. Por esses motivos, o presente estudo teve como objetivo avaliar a sensibilidade gustativa em idosos praticantes de atividade física, uma vez que pouco se sabe sobre as repostas sensoriais fornecidas por esse grupo. Foi utilizado o teste de limite para determinar os limiares de detecção para os sabores salgado e doce, em 40 adultos jovens (18-38 anos), 40 idosos praticantes de atividade física regular (60-84 anos) e 40 idosos não praticantes de atividade física (60-87 anos). As mulheres representaram 90% no grupo dos idosos praticantes de atividade física e 60% dos idosos não praticantes, característica explicada pelo processo de feminilização do envelhecimento. Os idosos praticantes de atividade física apresentaram limiares de 4,12 mMol para o gosto salgado e 6,20 mMol para o gosto doce, valores estes próximos aos do grupo dos adultos jovens pesquisados e abaixo dos valores encontrados em outros estudos que trabalharam com percepção sensorial em idosos. Houve minimizações significativas das alterações sensoriais do gosto salgado e doce em idosos praticantes de atividade física, proporcionando a este grupo capacidade de percepção sensorial semelhante à de adultos jovens. A atividade física contribui de certa forma no melhor desenvolvimento da percepção sensorial dos idosos que praticam atividade física, sendo um fator positivo tanto para o desenvolvimento ativo desse grupo como para sua capacidade perceptiva.
Abstract: Older adults represent a segment of population that has more increased in recent years. In Brazil, estimates for next 20 years indicate that elderly population will exceed 30 million people, which can reach nearly 13% of population. Regular physical activity provides one of most opportunities for improving quality of life, improve physical condition and reduce disability and functional limitations of elderly people. The increasing of elderly population has raised need to understand changes that occur in this stage of life, as well as their implications, since, during aging, there are several physiological changes that can affect perception of food for older consumers. For these reasons, present study aimed to evaluate taste sensitivity in elderly people practitioners of physically active, since little is known about sensory responses provided by this group. Threshold test was used to determine detection threshold for salty and sweet flavors in 40 young adults (18-38 years), 40 elderly practitioners of regular physical activity (60-84 years) and 40 elderly no activity practitioners physical (60-87 years). Women accounted for 90% in the group of elderly practitioners of physical activity and 60% of non-elderly practitioners, feature explained by aging feminization process. Physically active elderly had 4.12 mMol thresholds for salty and 6.20 mMol for sweet taste, values close to the group of young adults surveyed and below values found in other studies that worked with sensory perception in the elderly. There were significant minimization of sensory changes of salty and sweet taste in elderly practitioners of physical activity, providing to this group sensorial perception capacity similar to young adults group. Physical activity contributes in some ways to the best development of sensorial perception of older people who practice physical activity, a positive factor for both active development of that group and to its perceptual capacity.
Keywords: Teste de limite
Idoso
Qualidade de vida
Percepção sensorial
Limit Test
Elderly
Quality of life
Sensory Perception
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Química e Bioquímica de Alimentos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: ABREU, Amanda Kelle Fernandes de. Detection threshold for primary taste in elderly practitioners of physical activity. 2014. 60 f. Dissertação (Mestrado em Química e Bioquíma de Alimentos) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4080
Issue Date: 28-Nov-2014
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.