Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4299
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Relação entre os valores de proteína C-reativa-us, leucócitos e linfócitos e o consumo alimentar habitual de vitaminas com ação antioxidante em idosos: um estudo epidemiológico clínico
metadata.dc.creator: Silva, Cassia Surama Oliveira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Costa, Maria José de Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Lima, Roberto Teixeira de
metadata.dc.description.resumo: O consumo de vitaminas de ação antioxidante pode contribuir para a promoção da saúde, do bem-estar e longevidade em idosos. Neste contexto, a presente pesquisa teve como objetivo principal avaliar a relação entre os valores de proteína c-reativa ultra sensível (PCR-us), leucócitos e linfócitos e o consumo alimentar habitual de vitaminas com ação antioxidante, considerando a inexistência de estudo. Adotou-se delineamento epidemiológico transversal, utilizando-se uma amostragem estratificada da população de idosos do município de João Pessoa/Paraíba/Brasil. Participaram do estudo 174 idosos com idade entre 60 e 90 anos, de diferentes condições socioeconômicas, portadores ou não de doenças crônico-degenerativas e em uso ou não de medicamentos. Aplicaram-se questionários para obtenção de informações socioeconômicas, demográficas, epidemiológicas e de consumo alimentar e realizaram-se a avaliação nutricional e análises bioquímicas. Quanto ao consumo alimentar habitual das vitaminas com ação antioxidante, o consumo médio de vitamina A, β-caroteno, vitamina E e vitamina C foram de 1994,39±1421,24 (μg RAE/dia), 5959,29±4739,66 (μg/dia), 6,01±4,44 (mg/dia) e 162,10±118,12 (mg/dia), respectivamente. Para verificar a correlação entre as variáveis do estudo utilizou-se o coeficiente de correlação de Spearman. Houve correlação negativa entre os valores de leucócito e vitamina E (r = -0,29, p = 0,0316), β-caroteno (r = - 0,32, p = 0,0189) e vitamina A (r = -0,36, p = 0,0062). Não foi encontrada correlação significativa entre os valores de leucócito e vitamina C, como também entre PCR-us e o consumo alimentar habitual dessas vitaminas. Não encontrou-se relação entre as variáveis do estudo ao aplicar-se a regressão línea múltipla. Com base nas correlações encontradas entre os valores de leucócitos e as vitaminas mencionadas, a ingestão dessas vitaminas, seria ainda mais justificada, considerando-se também, a sua importância na adequação dos valores de leucócitos.
Abstract: The intake of vitamins with antioxidant effect may contribute to the betterment of the elderly s health, well-being, and longevity. In this context, the present research had as it main objective to assess the relation among high sensitivity C-Reactive Protein (hs-CRP), leukocytes and lymphocytes and the habitual eating intake of vitamins with antioxidant effect, while taking into consideration the lack of study on it. The cross-sectional epidemiological design was the one adopted using a stratified representative sample of the elderly population from the city of João Pessoa/Paraíba/Brazil. The study included 174 elderly people aged between 60 and 90 years old, from different socioeconomic conditions, with or without chronic-degenerative diseases, taking some medicine or not. Questionnaires were applied to obtain socioeconomic, demographic, epidemiological and food consumption information and there were nutritional assessment and biochemical analyzes. Regarding the habitual intake of vitamins with antioxidant effect, the average consumption of vitamin A, β-carotene, vitamin E and vitamin C were 1994,39±1421,24 (μg RAE/day), 5959,29±4739,66 (μg/day), 6,01±4,44 (mg/day) e 162,10±118,12 (mg/day), respectively. To verify the correlation among the variables of the study, Spearman correlation coefficient was used. There was a negative correlation between the values of leukocytes and vitamin E (r = -0.29, p = 0.0316), β - carotene (r = -0.32, p = 0.0189) and vitamin A (r = - 0.36, p = 0.0062). No significant correlation was found between the values of leukocyte and vitamin C, as well as between PCR-us and the habitual eating intake of these vitamins. No relation was found among study variables when the multiple linear regression was applied. Based on the correlations found, for the first time in elderly, among the values of leukocytes with vitamin B, β-carotene, and vitamin E, the intake of these vitamins would be even more taking into consideration also its importance in the adequacy of the leukocyte values.
Keywords: Idoso
Leucócitos
Proteína C-reativa
Vitaminas antioxidantes
Elderly
Leukocytes
C-reactive protein
Vitamins antioxidants
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: SILVA, Cassia Surama Oliveira da. Relação entre os valores de proteína C-reativa-us, leucócitos e linfócitos e o consumo alimentar habitual de vitaminas com ação antioxidante em idosos: um estudo epidemiológico clínico. 2014. 104 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4299
Issue Date: 14-Mar-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf801,16 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.