Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4316
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Caracterização fenotípica de Cepas de Staphylococcus aureus isoladas de queijos ricota
metadata.dc.creator: Pinto, Taiz Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Siqueira Júnior, José Pinto de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Souza, Evandro Leite de
metadata.dc.description.resumo: Este estudo teve como objetivo isolar cepas de Staphylococcus aureus de queijos ricota e caracterizá-las com relação a marcadores fenotípicos de atividade lipolítica, bacteriocinotipagem e resistotipagem. Para o isolamento, foram adquiridas 11 amostras de queijo ricota de diferentes marcas comercializadas em supermercados da cidade de João Pessoa-PB. Entre as 41 cepas isoladas, 82,9% revelaram-se lipase positiva (Lip+) e 17,1%, lipase negativa (Lip-). Com relação à bacteriocinotipagem, 9,76% mostraram-se produtoras de bacteriocinas frente a uma cepa de Staphylococcus aureus isolada de superfícies de processamento de alimentos e 55% mostraram-se sensíveis a uma cepa de Staphylococcus aureus isolada de queijo ricota. Para resistotipagem, 87,8% das cepas apresentaram-se resistentes a estreptomicina, 26,59% a penicilina e 19,51% a eritromicina. Nenhuma das cepas foi resistente a tetraciclina. Observou-se a variabilidade entre as Concentrações Inibitórias Mínimas, tanto em cepas resistentes como sensíveis, sendo tal variabilidade mais predominante com penicilina (variação de 0,015625 a 16 μg/mL), bem como a variabilidade entre cepas do mesmo queijo. Apenas cepas resistentes a eritromicina foram submetidas ao D-teste a fim de determinar o tipo de resistência, das quais todas as cepas mostraram-se com resistência indutiva. A partir dos resultados obtidos, pode-se concluir que embora os fenótipos revelem uma resposta adaptativa relacionada às peculiaridades das pressões ambientais locais, é evidente a importância destes marcadores genéticos a fim de se distinguir novas linhagens de S. aureus daquelas endêmicas, bem como investigar possíveis impactos epidemiológicos e na segurança alimentar.
Abstract: This study aimed to isolate strains of Staphylococcus aureus in ricotta cheeses and to characterize them respecting phenotypic markers of lipolytic activity, and bacteriocin typing and resistance typing. For isolation, were acquired 11 samples of different brands of ricotta cheese sold in supermarkets in João Pessoa - Paraíba. Among the 41 strains, 82.9% proved positive lipase (Lip+) and 17.1%, negative lipase (Lip-). In relation to bacteriocin typing, 9.76% showed bacteriocin producing against a strain of Staphylococcus aureus isolated from surfaces processing food and 55% were susceptible to a strain of Staphylococcus aureus isolated from ricotta cheese. For resistance typing, 87.8% of strains were resistant to streptomycin, 26.59% to penicillin and 19.51% to erythromycin. None of the strains were resistant to tetracycline. Variability was observed between the minimal inhibitory concentrations (MIC), both in resistant strains as sensitive ones, so the variability showed more prevalent with penicillin (ranging from 0.015625 to 16 mg / mL) and the variability between strains of the same cheese. Only erythromycin-resistant strains were subjected to "D-test" to determine the type of resistance, of which all presented inductive resistant. From this results obtained, can conclude that although the phenotypes show an adaptive answer on related to the peculiarities of local environmental pressures, it is clear the importance of these genetic markers to discern new strains of S. aureus for those endemic, as well as to investigate possible epidemiological impacts and on food safety.
Keywords: Staphylococcus aureus
Fenotipagem
Atividade lipolítica
Bacteriocinotipagem
Resistotipagem
Ricota
Staphylococcus aureus
Phenotyping
Lipase activity
Bacteriocin typing
Resistance typing
Ricotta
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: PINTO, Taiz Siqueira. Caracterização fenotípica de Cepas de Staphylococcus aureus isoladas de queijos ricota. 2011. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4316
Issue Date: 25-Mar-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf742,58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.