Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4318
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Efeito do consumo de dietas elaboradas com mortadelas defumadas e não defumadas sob o perfil lipídico e aspectos histopatológicos do fígado e do cólon intestinal de ratos machos.
metadata.dc.creator: Barbosa, Mayara Queiroga
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, João Andrade da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Costa, Maria José de Carvalho
metadata.dc.description.resumo: O maior consumo de produtos cárneos processados em relação à carne vermelha pode elevar o risco da incidência do câncer de cólon e/ ou reto e próstata. Apesar de várias evidências desta relação são necessárias mais pesquisas para indicar quais alimentos estão envolvidos com esse risco e contribuir para esclarecimento dos mecanismos da relação entre os compo-nentes da dieta e o desenvolvimento dessas doenças. Visando colaborar com mais informa-ções sobre esse importante tema, esta pesquisa foi realizada com o objetivo de, a partir do modelo experimental em animais, avaliar o efeito do consumo de dietas elaboradas com mor-tadelas defumadas e não defumadas sobre os parâmetros bioquímicos e os aspectos histopato-lógicos das células hepáticas e de cólon intestinal de ratos (wistar) machos. Foram utilizados 30 ratos com 90 dias de vida distribuídos em três grupos. O grupo Controle recebeu dieta pa-drão com caseína, o grupo Tradicional consumiu dieta elaborada com mortadela Bologna tra-dicional, como fonte de proteínas que foi completada pela caseína e o terceiro grupo consumi-ram a dieta elaborada com mortadela Bologna defumada também como fonte de proteína que foi completada com caseína (grupo Defumado), as dietas experimentais foram ofertadas diari-amente por um período de 90 dias. Foram realizadas a análise da composição centesimal e identificação de ácidos graxos das mortadelas. Durante o experimento, semanalmente reali-zou-se avaliação do consumo semanal e ganho de peso dos animais. Após o período de 90 dias os animais foram pesados e anestesiados para coleta de sangue para análise das frações lipídicas plasmáticas. Foi realizada excisão, limpeza e pesagem do fígado, baço e gordura visceral e realizada análise histopatológica do fígado e cólon intestinal. A mortadela tradicio-nal e a mortadela defumada continham respectivamente 15,27% ± 1,35 e 15,85% ± 1,89 de proteínas, 26,19% ± 0,43 e 25,38% ± 0,272 de gordura, 2,46% ± 0,049 e 3,075% ± 0,45 de carboidratos, 2,65% ± 0,507 e 3,085% ± 0,45 de resíduo mineral fixo. A proporção de ácidos de graxos monoinsaturado:polinsaturado:saturado (M:P:S) detectado foi 2,7: 1: 2,2 na morta-dela tradicional e 2,6: 1: 2,1 na mortadela defumada, não apresentando proporção recomenda-da. O consumo de dietas apresentou diferenças significativas entre os grupos e entre as sema-nas. O peso corporal dos animais do grupo defumado e tradicional aumentou de forma estável com o tempo e o grupo controle apresentou oscilações. Os níveis das frações lipídicas plasmá-ticas foram maiores nos animais do grupo defumado. Conclui-se que a qualidade e a propor-ção dos ácidos graxos monoinsaturado:polinsaturado:saturado (M:P:S) presentes nos dois tipos de mortadelas contribuíram significativamente para estes resultados e que, apesar de a composição de ácidos graxos serem semelhantes, os animais que consumiram a dieta conten-do mortadela defumada apresentaram maior desequilíbrio no perfil lipídico, que pode ter sido ocasionado pelo maior consumo da dieta. Com relação as análise histopatológica do fígado, no grupo defumado foi observado maior concentração de infiltrado mononuclear no espaço porta hepático, que pode ter sido ocasionado pela presença de substâncias químicas presente na mortadela defumada pela deposição da fumaça liquida.
Abstract: The highest intake of processed meat products in relation to red meat may increase the risk of colon cancer incidence and / or rectum and prostate. Despite ample evidence of this relationship further research is needed to indicate which foods are involved with this risk and to help clarify the mechanisms of the relationship between dietary com-ponents and the development of these diseases. Aiming to collaborate with more in-formation about this important topic, this research was conducted with the purpose of, from the experimental animal model to evaluate the effect of consuming diets contain-ing bologna and smoked not smoked on the biochemical and histopathological aspects of liver cells and intestinal colon of rats (Wistar) male. A total of 30 rats with 90 days of life divided into three groups. The Control group received a standard diet with case-in, the group consuming traditional diet made with Mortadella Bologna traditional source of protein that was supplemented with casein and the third group ate a diet de-signed with smoked Mortadella Bologna as a source of protein that was supplemented with casein (Smoked group), experimental diets were offered daily for a period of 90 days. Were examined analysis of the composition and identification of fatty acids of bologna. During the trial, held weekly assessment of weekly intake and weight gain of animals. After 90 days the animals were weighed and anesthetized to collect blood for analysis of plasma lipid fractions. Excision was performed, cleaning and weighing of the liver, spleen and visceral fat and performed histopathological analysis of liver and intestinal colon. The traditional sausage and smoked sausage contained respectively 15.27% ± 1.35 and 15.85 ± 1.89% protein, 26.19% ± 0.43 and 25.38 ± 0.272% fat, 2.46% 3.075 ± 0.049 and ± 0.45% carbohydrate, 2.65% ± 0.507 and 3.085 ± 0.45% of ash. The proportion of monounsaturated fatty acids: polyunsaturated: saturated (M: P: S) detected was 2.7: 1: 2.2 and 2.6 in the traditional bologna: 1: 2.1 in smoked sau-sage, not showing the recommended proportion . The consumption of diets showed significant differences between groups and between weeks. The body weight of the animals and traditional smoked increased steadily with time and the control group showed oscillations. The levels of plasma lipid fractions were higher in group smoked. It is concluded that the quality and the proportion of fatty acids monounsaturated: po-lyunsaturated: saturated (M: P: S) present in both types of mortadella contributed sig-nificantly to these results and that although the fatty acid composition are similar, the animals consumed diet containing smoked sausage showed greater imbalance in the lipid profile, which may have been caused by increased food intake. Regarding the histopathological analysis of liver, smoked group was observed higher concentration of mononuclear cells within hepatic portal, which may have been caused by chemical substances present in sausage smoked by the deposition of the smoke settles
Keywords: Mortadelas
Perfil lipídico
Análise histopatológica
Ratos
Bologna
Lipid profile
Histopathology
Rats
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: BARBOSA, Mayara Queiroga. Efeito do consumo de dietas elaboradas com mortadelas defumadas e não defumadas sob o perfil lipídico e aspectos histopatológicos do fígado e do cólon intestinal de ratos machos. 2011. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4318
Issue Date: 1-Apr-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.