Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4971
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Uma análise evolucionária e pós-keynesiana para o sistema imobiliário americano no período de 1971 a 2011
metadata.dc.creator: Leite, Karla Vanessa Batista da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Cavalcanti Filho, Paulo Fernando de Moura Bezerra
metadata.dc.description.resumo: A economia capitalista mundial experimentou cerca de uma dúzia de graves crises financeiras nos últimos quarenta anos, compreendidos entre 1971, quando o governo dos EUA, unilateralmente, altera a relação dólar-ouro provocando o fim do sistema de gerenciamento do comércio e das finanças internacionais, estabelecido em 1944 em Bretton Woods, e o corrente ano de 2011, quando se experimenta os desdobramentos comerciais, fiscais e econômicos da crise financeira internacional iniciada em 2007, também, nos EUA. A internacionalização do sistema financeiro modificou de forma substancial os determinantes e a natureza da dinâmica econômica mundial. A crise financeira atual é, principalmente, a crise da globalização financeira, apreendida como uma tendência à criação de um mercado financeiro global, através da desregulamentação financeira, que permita a intensificação no fluxo de capitais entre países. A impossibilidade de continuar desenvolvendo as trajetórias do paradigma financeiro vigente até finais dos anos 1960 financiamento imobiliário via bancos de poupança levou ao esgotamento do modelo financeiro, bem como à adoção e generalização de uma inovação radical que se transformou, no final dos anos 1980, no novo paradigma financeiro: a securitização de hipotecas. As alterações provocadas pela introdução e proliferação da securitização no mercado de financiamento imobiliário fizeram surgir novos atores financeiros que se mostraram mais adequados ao novo ambiente, bem como à nova lógica de acumulação. Desta forma, a recente crise financeira não pode ser considerada como uma crise pontual de um segmento de mercado de menor expressão embora crescente que teve origem na inadimplência das hipotecas subprime. Essa crise foi gestada ao longo de décadas e corresponde ao desdobramento natural do processo evolucionário de desenvolvimento do sistema capitalista.
Abstract: The capitalist world economy has experienced about a dozen serious financial crises in the past forty years, ranging between 1971, when the U.S. government, unilaterally, changes the dollar-gold relationship (which anchored the world payments system) causing the end of the management system of international trade and finance, established in 1944 in Bretton Woods, and the year 2011, when experiencing the unfolding trade, fiscal and economic of international financial crisis began in 2007, also, in USA. The internationalization of the financial system changed substantially the nature and determinants of world economic dynamics. The current financial crisis is, mainly, the crisis of financial globalization, perceived as a tendency to create a global financial market, through the financial deregulation, that allows for increased capital flows between countries. The inability to continue developing the trajectories of the financial paradigm" until late 1960 - real estate financing via savings banks - led to depletion of the financial model, as well as the adoption and generalization of radical innovation that became, in the late 1980s, the new financial paradigm: mortgage securitization. Changes caused by the introduction and proliferation of securitization in the mortgage market have created new financial players that were more suited to the new environment as well as the new logic of accumulation. The recent financial crisis cannot be regarded as a crisis point in a market segment of smaller ones - although growing - which originated in subprime mortgage defaults. This crisis was fomented for decades and corresponds to the natural unfolding of the evolutionary process of the capitalist system development.
Keywords: Crise Financeira
Mercado Imobiliário
Securitização
Financial Crisis
Real Estate Market
Securitization
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Economia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Economia
Citation: LEITE, Karla Vanessa Batista da Silva. Uma análise evolucionária e pós-keynesiana para o sistema imobiliário americano no período de 1971 a 2011. 2011. 141 f. Dissertação (Mestrado em Economias) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4971
Issue Date: 11-Feb-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.