Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7217
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação escolar indígena: uma análise a partir da perspectiva da sexualidade e gênero no município indígena de Baía da Traição/PB
metadata.dc.creator: Silva, Patrícya Karla Ferreira e
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Maria de Lourdes
metadata.dc.description.resumo: Os índios potiguaras, constituem um grupo indígena que habita o litoral norte do estado brasileiro da Paraíba, junto aos limites dos municípios de Rio Tinto, Marcação e Baía da Traição. Os Potiguaras não vivem totalmente em um isolamento geográfico, social e cultural, pois constata-se a interação entre índios e não-índios no território dos potiguaras. Neste sentido, esta pesquisa tem como objetivo analisar as manifestações da sexualidade e gênero na adolescência dos índios potiguaras inseridos na educação escolar do município de Baía da Traição/PB a partir das perspectivas dos educadores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Antonio Azevedo. A perspectiva metodológica compreende a abordagem quanti-qualitativa centrada na análise dos dados. O estudo da temática exigiu também para análise do objeto da pesquisa a partir da compreensão de conceitos tais como: educação indígena; escola indígena; educação escolar indígena; e escola diferenciada; sexualidade; e gênero. A pesquisa encontra-se estrutura em três capítulos que discorrem acerca da temática. No primeiro capítulo apresenta-se uma breve retrospectiva histórica acerca dos povos indígenas, da educação escolar indígena, abordando também a estrutura da educação escolar indígena no Brasil. O segundo capítulo traz algumas discussões acerca da sexualidade e gênero na educação escolar indígena. O terceiro capítulo analisa a educação escolar indígena tematizando uma abordagem da sexualidade e do gênero em Baía da Traição/PB. Também são pontuadas as questões metodológicas para a análise dos dados. Ao concluir neste estudo, percebemos a necessidade de refletir acerca da educação escolar oferecida aos indígenas, sobretudo no enfoque de gênero e sexualidade, considerando a carga cultural destes povos e o processo de miscigenação. Enfim, fica o questionamento: a quem caberá trabalhar o respeito às diferenças de sexualidade e gênero na educação escolar. Caberá apenas a família, à escola ou a ambas.
Abstract: The local Indians are an indigenous group that inhabits the northern coast of the Brazilian state of Paraiba, along with the limits of municipalities of Rio Tinto, Marking and Bay of betrayal. The Potiguaras not live entirely in a geographical isolation, social and cultural, since it appears the interaction between Indians and non-Indians in the territory of potiguaras. Therefore, this research aims to examine the expressions of sexuality and gender in adolescence Indian potiguaras inserted in school education in the city of Bay of Treason / PB from the perspectives of educators from the School Hall Elementary School Antonio Azevedo. The methodological approach includes quantitative and qualitative approach focused on data analysis. The study also required for the thematic analysis of the research object from the understanding of concepts such as: indigenous education, indigenous schools, indigenous education, and differentiated school, sexuality, and gender. The research is structured in three chapters that discuss about the theme. The first chapter presents a brief historical overview about the indigenous peoples, indigenous education, addressing also the structure of indigenous education in Brazil. The second chapter provides some discussions about sexuality and gender in indigenous education. The third chapter examines the indigenous education thematising an approach to sexuality and gender in the Bay of Treason / PB. It also points out the methodological issues for data analysis. In concluding this study, we realized the need to reflect on the schooling offered to indigenous people, especially in the gender and sexuality, considering the cultural background of these people and the process of miscegenation. Anyway, the question is: who will work as the differences in the sexuality and gender in school education. It will be just family, school or both.
Keywords: Educação escolar indígena
Sexualidade
Gênero
índios Potiguaras
Native school education
Sexuality
Gender
Indians Potiguaras
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Serviço Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citation: SILVA, Patrícya Karla Ferreira e. Educação escolar indígena: uma análise a partir da perspectiva da sexualidade e gênero no município indígena de Baía da Traição/PB. 2010. 95 f. Dissertação (Mestrado em serviço social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7217
Issue Date: 17-Dec-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf604,08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.