Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8830
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Efeito inibitório do óleo essencial de Cympopogon citratus (D.C). STAPF frenta à bactérias patogênicas e microbiota autóctone em suco de abacaxi (Ananas comosus (L.) Merril)
metadata.dc.creator: Leite, Caroline Junqueira Barcellos
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Evandro Leite de
metadata.dc.description.resumo: A produção frutífera é muito expressiva no Brasil, destacando-se o cultivo do abacaxi, Ananas comosus (L.) Merril. Fruta essa de sabor e aroma intenso, utilizada para industrialização de sucos, com uma boa aceitação para consumo. Apesar do suco de frutas não caracterizar-se como meio de contaminação frequente de micro-organismos patogênicos, a ocorrência e o aumento dos casos de surtos vinculados por esses alimentos vem surgindo. Nesse sentido, a combinação das propriedades antimicrobianas dos óleos essenciais em diferentes matrizes alimentares tem levado a investigação desses óleos como conservantes de alimento e sua atuação nas propriedades físico-químicas e sensoriais do produto. Diante deste contexto, este estudo objetivou avaliar o potencial antimicrobiano do óleo essencial de Cymbopogon citratus (OECC), frente a bactérias contaminantes de suco de abacaxi (Listeria monocytogens (ATCC7644), Escherichia coli (UFPEDA224) e Salmonella enterica Serova Enteritidis Serova (UFPE414) em inóculo misto, através da determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM), bem como a influência da aplicação desse OECC no crescimento e sobrevivência do inóculo misto. Além disso, foi verificado a eficácia do OECC frente a microbiota autóctone no suco de abacaxi; e a avaliação dos parâmetros físico-químicos e sensoriais do suco com OECC. O valor da CIM encontrado foi de 5μL/mL frente ao inóculo misto. Concentrações inferiores a CIM ( 2,5 μL/mL -CIM/2 e 1,25 μL/mL -CIM/4) foram capazes de diminuir a contagem de L. monocytogenes e E. coli no suco de abacaxi a valores ≥ a 5 log ( UFC/mL) após 15minutos de exposição no suco. Para S. Enteritidis , o mesmo nível de inibição foi detectado após 15 minuto de exposição ao OECC nas concentrações de 5μL/mL, 2,5 μL/mL. Quando o OECC foi incorporado no suco na concentração de 1,25 μL/mL, foi necessário um intervalo de tempo de 1 hora para o estabelecimento de uma redução ≥ a 5 log em S. Enteritidis. Em concentrações de 0,6 μL/mL – CIM/8, intervalos de 1h e 45 min foram necessários para alcançar uma redução ≥ 5-log em E. coli e L. monocytogenes, respectivamente; enquanto, 12 h foram necessárias para alcançar similar redução em S. Enteritidis. O OECC (5 μL/mL, 2,5 μL/mL e 1,25 μL/mL) foi capaz de reduzir em ≥ a 5 log a contagem de bactérias mesófilas, bactérias ácido láticas e bolores e leveduras que ocorrem naturalmente em suco de abacaxi em intervalo de tempo máximo de 2 h. Uma redução de ≥ 5 log não foi observada em micro-organismos da microbiota autóctone na concentração de OECC (0,6 μL/mL). As propriedades físico-químicas (pH, acidez titulável e sólidos solúveis) do suco de abacaxi contendo o OECC (2,5 μL/mL-CIM/2 e 1,25 μL/mL-CIM/4) foram mantidas em relação ao controle. As amostras de suco com OECC (2,5 μL/mL e 1,25 μL/mL) que passaram pelo painel sensorial apresentaram boa aceitação para algumas propriedades sensoriais (aparência, odor, viscosidade), mas parâmetros de sabor, sabor residual e aceitação global tiveram avaliações insatisfatórias dos painelistas. O OECC mostrou-se como uma alternativa eficaz na segurança alimentar e nos atributos sensoriais acima citados quando aplicado em suco de abacaxi. Assim, estudos complementares do OECC em suco de abacaxi com tecnológicas complementares não térmicas podem ser utilizadas para se obter um equilíbrio entre a segurança microbiológica e os aspectos sensoriais do produto.
Abstract: The fruit production is very expressive in Brazil, especially the pineapple cultivation, Ananas comosus (L.) Merrill. Fruit that taste and intense aroma, used for industrialization juices, with a good acceptance for consumption. Although the fruit juice not be characterized as a means of frequent contamination of pathogenic microorganisms, the occurrence and the increase in cases of outbreaks bound by these foods is emerging. In this sense, the combination of antimicrobial properties of essential oils in different food matrices has led to investigation of these oils as food preservatives and their performance on the physicochemical properties and sensory product. Given this context, this study aimed to evaluate the potential of the essential oil of Cymbopogon citratus (OECC), compared to bacterial contaminants of pineapple juice (Listeria monocytogens (ATCC7644), Escherichia coli (UFPEDA224) and Salmonella enterica Enteritidis Serova Serova (UFPE414) in mixed inoculum, by determining the minimum inhibitory concentration (MIC) and the influence of the application of OECC on growth and survival of the mixed inoculums. Moreover, the effectiveness of OECC was verified against the indigenous microbiota in pineapple juice; and the evaluation of physical, chemical and sensory parameters of juice with OECC. The value of MIC found was 5μL / mL against the mixed inoculum. Concentrations lower than MIC (2.5 uL / mL -CIM / 2 and 1.25 uL/ mL -CIM / 4) were able to decrease the count of L. monocytogenes and E. coli in pineapple juice values ≥ 5 log (CFU / mL) after 15minutes of exposure in the juice. S. enteritidis, the same level of inhibition was detected after 15 minutes exposure to concentrations in 5μL OECC / ml, 2.5 uL / mL. When OECC was incorporated into juice at a concentration of 1.25 uL / mL, a 1 hour time interval to establish a ≥ 5 log reduction in S. enteritidis was necessary. At concentrations of 0.6 uL / mL - MIF / 8, 1 h 45 min intervals were required to achieve a ≥ 5 log-in E. coli and L. monocytogenes, respectively; while, 12 h were necessary to achieve similar reduction in S. Enteritidis. The OECC (5 uL / mL, 2.5 uL / mL and 1.25 uL / ml) was able to reduce in ≥ 5 log count of mesophilic bacteria, lactic acid bacteria, molds and yeasts that occur naturally in juice pineapple maximum time interval of 2 hr. A reduction of ≥ 5 log was not observed in microorganisms of the indigenous microbiota in the concentration of OECC (0.6 uL / mL). The physico-chemical properties (pH, titratable acidity and soluble solids) of pineapple juice containing the OECC (2.5 uL / mL-CIM / 2 and 1.25 uL / mL-CIM / 4) were kept in the control . The juice samples with OECC (2.5 uL / mL and 1.25 uL / mL) that passed through the sensory panel showed good acceptance for some sensory properties (appearance, odor, viscosity), but parameters of flavor, aftertaste and acceptance overall had unsatisfactory ratings of the panelists. The OECC proved to be an effective alternative in food safety and sensory attributes mentioned above when applied to pineapple juice. Therefore, further studies on the OECC pineapple juice with no additional thermal technology can be used to achieve a balance between the microbiological safety and sensory aspects of the product.
Keywords: Cymbopogon citratus
Ananas comosus (L.) Merril
Suco
Bactéria patogênicas
Microbiota autóctone
Cymbopogon citratus
Ananas comosus (L.) Merrill
Juice
Pathogenic bacteria
Indigenous microbiota
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: LEITE, Caroline Junqueira Barcellos. Efeito inibitório do óleo essencial de Cympopogon citratus (D.C). STAPF frenta à bactérias patogênicas e microbiota autóctone em suco de abacaxi (Ananas comosus (L.) Merril). 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8830
Issue Date: 10-Apr-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.