Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8835
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Efeito preventivo do extrato hidroalcoólico da pela do fruto de Syzygium cumini (L.) Skeels sobre alterações induzidas pelo consumo de dieta hipercalórica em ratos
metadata.dc.creator: Torres, Rayanne de Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: Veras
metadata.dc.description.resumo: O fruto da S. cumini é considerado fonte de compostos fenólicos apresentando efeitos benéficos importantes para a saúde, com destaque para seu potencial antioxidante. Dessa forma, objetivou-se investigar os efeitos de um extrato hidroalcoólico da pele do fruto de S. cumini (EHAPS) mediante às alterações relacionadas ao consumo de dieta hipercalórica em ratos. O teor de fenólicos totais e capacidade antioxidante total foram avaliados para padronização do extrato. Os animais foram tratados por via oral, com o EHAPS, durante 6 semanas, em duas doses (100 e 300 mg/Kg) e o controle das dietas normocalórica (NCT) e hipercalórica (HCT) receberam solução salina. Foi monitorado o peso, o consumo alimentar e hídrico e a pressão arterial ao longo do tratamento. Ao final foram tomadas medidas murinométricas, coletou-se o plasma e alguns órgão para análises. O EHAPS apresentou elevada capacidade antioxidante, com um teor de fenólicos totais de 5.440,86 mg EAG/ 100g de amostra e valor de CE50 de 59 μg/mL. Ao final das seis semanas de tratamento o grupo HCT apresentou um ganho percentual de peso mais elevado em relação ao NCT, 26 ± 3,9 e 15,3 ± 1,7, respectivamente. A dieta hipercalórica também aumentou o consumo de calorias, a circunferência abdominal, o índice de adiposidade e os níveis glicêmicos, além de prejudicar a resposta vascular às drogas como fenilefrina, acetilcolina, nitroprussiato de sódio, e elevar os níveis de estresse oxidativo. O tratamento foi capaz de diminuir o ganho de peso percentual do grupo HCT de 19,7 ± 2,6 para 13,3 ± 1,1 e 12,5 ± 1,5 nos grupos H100 e H300, respectivamente, a partir da 4° semana de tratamento. Ao final do tratamento observou-se melhora da resposta vascular e diminuição do estresse oxidativo nos animais tratados. Não foi observada nenhuma alteração significativa dos níveis de pressão arterial entre os grupos e não houve redução significativa do índice de adiposidade visceral e glicemia sanguínea nos animais após o tratamento. Os resultados sugerem que os compostos fenólicos presentes na pele do fruto de S. cumini diminuem os efeitos deletérios de dietas hipercalóricas, prevenindo o ganho de peso corporal e melhorando a capacidade antioxidante total e a resposta vascular em modelos animais.
Abstract: The fruit of S. cumini is considered source of phenolic compounds with beneficial effects important for health, especially for its antioxidant potential. This work aimed to investigate the effects of the fruit skin hydro-alcoholic extract of S. cumini (EHAPS) compared to the changes related to the consumption of high calorie diet in rats. The total phenolic content and total antioxidant capacity were evaluated for standardization of the extract. The animals were treated orally, with EHAPS, for 6 weeks, in two doses (100 and 300 mg / kg) and the control of normocaloric diets (NCT) and hypercaloric (HCT) received saline. Was monitored weight, food and water consumption and blood pressure during the treatment At the end, murinométricas measures were taken, collected up the plasma and some organs for analysis. The EHAPS showed high antioxidant capacity, with a total phenolic content of 5440.86 mg GAE / 100g and EC50 value of 59 mg / mL. At the end of the six weeks of treatment HCT group had the highest percentage of weight gain relative to the NCT, 26 ± 3.9 and 15.3 ± 1.7 respectively. The hypercaloric diet also increased calorie intake, waist circumference, the adiposity index and blood glucose levels. In addition to damage the vascular response to drugs such as phenylephrine, acetylcholine, sodium nitroprusside, and raise levels of oxidative stress. The treatment decreased the percentage weight gain of the group HCT of 19.7 ± 2.6 to 13.3 ± 1.1 and 12.5 ± 1.5 in groups H100 and H300, respectively, from the 4th week of treatment. The treatment with EHAPS showed improvements in vascular response and reduction of oxidative stress in the treated animals. There has been no significant change in blood pressure levels between the groups and no significant reduction in visceral adiposity index and blood glucose in animals after treatment. The results suggest that phenolic compounds present in the fruit skin S. cumini reduce the deleterious effects of a hypercaloric diet, preventing weight gain and improving the total antioxidant capacity and the vascular response in animal models.
Keywords: Antioxidante
Compostos fenólicos
Dieta hipercalórica
Peso corporal
Resposta Vascular
Antioxidant
Body weight
Hypercaloric diet
Phenolic compounds
Vascular response
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: TORRES, Rayanne de Araújo. Efeito preventivo do extrato hidroalcoólico da pela do fruto de Syzygium cumini (L.) Skeels sobre alterações induzidas pelo consumo de dieta hipercalórica em ratos. 2015. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8835
Issue Date: 7-Apr-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1,95 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.