Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8955
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Medos Corriqueiros e Vergonha Cotidiana: Uma análise compreensiva do Bairro do Varjão/Rangel, João Pessoa, PB
metadata.dc.creator: Barbosa, Raoni Borges
metadata.dc.contributor.advisor1: Koury, Mauro Guilherme Pinheiro
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem por objetivo uma análise compreensiva do bairro do Varjão/Rangel da cidade de João Pessoa, Paraíba, como espaço de sociabilidade urbana de intensa pessoalidade sob a ótica da antropologia das emoções. O bairro é considerado como um dos mais violentos e problemáticos da malha urbana da cidade. Teve-se por hipótese a questão dos medos corriqueiros e da vergonha cotidiana como emoções centrais e organizadoras da cultura emotiva do bairro, bem como das ações dos moradores do mesmo enquanto unidades interacionais em relação a si mesmo, ao outro morador, ao bairro e à cidade. A proposta metodológica de cunho etnográfico, no interior de uma perspectiva simbólico-interacionista, foi realizada a partir de um trabalho de campo que combinou estratégias de observação participante e de entrevistas diretas. Os resultados da pesquisa revelaram uma lógica societária hierarquizante e excludente como elemento central na cultura emotiva da cidade de João Pessoa em relação aos bairros populares, dos quais o bairro trabalhado faz parte. Neste sentido, a dupla nominação do bairro aqui analisado, entre o oficial Varjão e o oficioso Rangel, demonstra o impacto das disputas morais em torno do processo de moralização e modernização do espaço urbano local, bem como reflete o estigma, a vergonha cotidiana e os medos corriqueiros de uma identidade ambígua e ambivalente, a do bairro do Varjão/Rangel. O morador do bairro, socializado em um ambiente comunicativo tenso e caracterizado por uma identidade deteriorada, assume a perspectiva de um “outro generalizado” que o percebe como um personagem potencialmente perigoso e que contamina a cidade como um todo. Esta lógica de classificação e argumentação da cidade sobre o bairro é assumida pelo morador do Varjão/Rangel, que, por sua vez, na intenção de salvaguardar a sua fachada, acaba caindo em um jogo de disputas morais cuja lógica de desculpas e acusações transforma todo morador do bairro, inclusive ele mesmo, em um personagem estigmatizado.
Abstract: This research, from the perspective of anthropology of emotions, aims a comprehensive analysis of the neighborhood of Varjão/Rangel of the city of João Pessoa, Paraíba, as a space of urban sociability of intense personality. The neighborhood is considered one of the most violent and problematic urban quarter of the city. The main hypothesis considered everyday fears and shame as central emotions and as the direct forces of the emotional culture of the neighborhood, as well as of the actions of the residents in the role of interactional units in relation to itself, to another resident, to the neighborhood and to the city. The symbolic-interactionist perspective guided an ethnographic methodology that was held from fieldwork that combined strategies of participant observation and direct interviews. The research results revealed a hierarchical and exclusionary social logic as a central element in the emotional culture of the city of João Pessoa over the peripheral areas of the city, of which the Varjão/Rangel is one of its parts. In this sense, the double neighborhood’s nomination examined here, the official Varjão and the unofficial Rangel as well, demonstrates the impact of moral disputes about the moralizing and modernization process in the city and reflects the everyday stigma, shame and fears as commonplace of an ambiguous and ambivalent identity, the one of the Varjão/Rangel neighborhood. A common resident of the neighborhood, socialized in a tense communicative environment characterized by a deteriorated identity, internalizes the perspective of a "generalized other" that perceives himself as a potentially dangerous character who contaminates the city as a whole. This classificatory logic and argumentation about the neighborhood of the city is taken over by the resident of Varjão/Rangel, who, in turn, hoping to safeguard his face, ends up falling in a play of moral disputes whose logic of excuses and accusations transforms every resident of the neighborhood, including himself, in a branded character.
Keywords: Cultura emotiva
Disputas morais
Vergonha cotidiana
Medos corriqueiros
Pessoalidade
Emotional culture
Moral disputes
Everyday shame
Everyday fears
Personhood
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Antropologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
Citation: BARBOSA, Raoni Borges. Medos corriqueiros e vergonha cotidiana: uma análise compreensiva do Bairro do Varjão/Rangel, João Pessoa, PB, 2015. 219 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8955
Issue Date: 6-Feb-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total3,83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.