Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1051
metadata.dc.type: TCC
Title: Cogeração no setor sucroalcooleiro a partir do reaproveitamento energético da biomassa do bagaço de cana
metadata.dc.creator: Moraes, Scarllet O’hara de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo visa avaliar a cogeração de energia do setor sucroalcooleiro como a principal alternativa a matriz energética brasileira. Através do estudo de caso da Destilaria Japungu Agroindustrial S/A, é possível observar as principais vantagens no investimento de equipamentos mais potentes e com consumos específicos mais baixos, para cogeração de energia, capazes não apenas de suprir a necessidade energética da própria instalação, mas visando também sua venda. O gerador de contra pressão que tem seu consumo de 12Kg/KW e que trabalha a uma pressão de 30Kg/cm² e temperatura de 370ºC, produz uma geração de 10.931 KW de energia.O novo gerador tem um consumo 7,5 Kg/KW e trabalha a uma pressão de 42Kg/cm² e temperatura de 450ºC, passando a gerar 14.822 KW de energia, havendo assim um aumento de aproximadamente 35% na geração de energia. Um produto que além de gerar lucros a empresa é ambientalmente correto. O tema pode ser tratado como uma das principais alternativas, se não a melhor, à energia gerada nas hidrelétricas. Com a crise de água e consequente crise na energia brasileira, vários estudos começam a surgir para uma geração de energia sustentável. Acontece que essa geração a partir da indústria sucroalcooleira é uma alternativa disponível, que necessita de investimentos. O estudo mostra que se considerado um valor fixo de R$90,00 para o bagaço, o ponto de equilíbrio ocorre quando a energia atingir R$192,00, sendo este um preço considerado abaixo do mercado atual então em um cenário menos propício para venda de energia, ainda será possível a venda do bagaço, cujo mercado está em alta, sendo a indústria capaz de alternar a direção que o bagaço excedente deverá seguir de acordo com as mudanças de mercado.
Abstract: This study aims to evaluate the energy cogeneration from sugarcane sector as the main alternative to Brazilian energy matrix. Through the case study Distillery Japungu Agroindustrial S/A, it is possible to observe the main advantages in investment for more powerful equipment with lower specific consumption, for cogeneration, capable not only of meeting the energy needs of the facility itself, but also aiming its sale. The back pressure generator that has its consumption of 12 Kg/KW while working at a pressure of 30Kg/cm² and 370ºC temperature, produces a generation of 10.931KW of energy. The new generator has a consumption of 7,5Kg/KW and works at a pressure of 42Kg/cm² and 405ºC temperature, starting to generate 14.822KW of energy, so there is an increase of approximately 35% in energy generation. A product that in addition to generating profits for the company is also environmentally friendly. The theme can be treated as one of the main alternatives, if not the best, for the energy generated in hydroelectric plants. With the water crisis and subsequent crisis in the Brazilian energy, several studies are beginning to surge searching for a way to produce sustainable energy. It turns out that this generation from the sugarcane industry is an available alternative, which needs investment. This study shows that when considering a fixed amount of R$90,00 for bagasse, the breakeven point occurs when power reaches R$192,00 which is considered a price below the current market. And in a less favorable scenario for the energy sale, you can still sell the bagasse, whose market is booming, and the industry is able to switch it´s focus based on market changes.
Keywords: Bioenergia
Cogeração
Matriz energética - Brasil
Turbogerador
metadata.dc.publisher.department: Tecnologia Sucroalcooleira
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1051
Issue Date: 19-Aug-2016
Appears in Collections:CTDR - TCC - Tecnologia em Produção Sucroalcooleira

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SOOM19082016.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.