Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14744
metadata.dc.type: TCC
Title: O atendimento de alunos(as) com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)
metadata.dc.creator: Medeiros, Ana Mércia Costa de
metadata.dc.contributor.advisor1: Rodrigues, Janine Marta Coelho
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho é resultado do atendimento um aluno com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), sendo apresentado relato desta experiência. É feito um levantamento sobre a construção dessa nomenclatura, a farmacologia utilizada e as articulações científicas sobre os sintomas que nele se agruparam ao longo dos anos, sendo visível o quanto essa construção por vezes se apresenta confusa, com seus avanços e retrocessos. A partir disso, discute as consequências do diagnóstico de um transtorno atribuído a uma criança. Questiona-se sobre a medicalização: seria uma forma de tratar sofrimentos (e sintomas) que realmente precisam ser minimizados ou seria uma maneira fácil de enquadrar sujeitos num padrão escolar tido como ideal diante da falência do(a) professor(a) em dedicar-se ao processo de ensino-aprendizagem? Com essa reflexão, a partir de uma vivência em sala de aula, foi possível dar outro sentido à sintomatologia apresentada por uma criança portadora de TDAH. O contato com ela ajudou a repensar o que é mesmo que medicamos, tendo sido possível mostrar que havia outras possibilidades que não simplesmente tratá-la como doente – por vezes, justificativa para seu comportamento –, além da demonstração da importância da relação dialógica professor-aluno que culminou no desenvolvimento escolar desta criança.
Abstract: This work is the result of care a student with Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD), which presented this experience report. It made a review on the nomenclature, pharmacology and scientific researches about the symptoms that it gathered over the years, being visible as this construction sometimes appears confused, with its advances and setbacks. From this, the work discusses the consequences of diagnosing a disorder attributed to a child. Wonders about the medicalization: it would be a way to treat suffering (and symptoms) that really need to be minimized or it would be an easy way to characterize subjects in a school standard considered ideal before the teacher collapse in the teaching-learning process? With this reflection, based on an experience in the classroom, it was possible to give another meaning to the symptoms presented by a child with ADHD. The contact with it show that there were other possibilities not just treat ADHD as a sick - sometimes justification for their behavior - in addition, demonstrate the importance of dialogic in teacher-student relationship that culminated in the child school development.
Keywords: Educação especial
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
Professor - aluno
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14744
Issue Date: Dec-2015
Appears in Collections:TCC - Pedagogia - CE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AMCM11122015.pdf453,15 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons