Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4351
metadata.dc.type: TCC
Title: O Curso de Pedagogia: aspectos do perfil dos alunos da área de aprofundamento em Educação do Campo
metadata.dc.creator: Lima, Edith Danielle Alves dos Santos
Brito, Janaina da Silva Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, José Ramos Barbosa da
metadata.dc.description.resumo: Ao chegarmos ao Curso de Pedagogia com área de aprofundamento em Educação do Campo, em 2011, imaginávamos que iríamos encontrar pessoas com mais de 30 anos, com filhos, camponeses, ou que tiveram dificuldades de acesso escolar. No entanto, deparamo-nos com alunos jovens, sem filhos, e que moram, em sua maioria, na cidade. Isso criou o desejo em nós de verificarmos qual o perfil dos alunos do Curso. Passamo-nos a perguntar: Quem são os alunos do Curso de Pedagogia com área de aprofundamento em Educação do Campo? Quais razões as fizeram se matricular no Curso? Esse foi o problema que nos moveu a fazer este trabalho. Seguimos a lógica da pesquisa exploratória, conforme esclarecido por Gil (1999). Estudamos os movimentos de camponeses que marcaram a Paraíba, desde os anos de 1950; o PPP do Curso de Pedagogia com Área de Aprofundamento em Educação do Campo; além da análise dos dados coletados na pesquisa de campo, mediada por um questionário aplicado aos estudantes sobre seus perfis e as razões que os trouxeram ao Curso. Verificamos que o Curso em tela, em seus papéis, demonstra uma preocupação com as questões que justificam a Área de Aprofundamento em questões do Campo. Porém, contraditoriamente, os alunos que dele fazem parte não apresentam identidades com as questões do campo e nem se envolvem com movimentos camponeses. Um reflexo de um curso urbano, com um currículo pouco apropriado ao Campo. Falta uma política própria para o Curso Pedagogia com Área de Aprofundamento em Educação do Campo. O que caracteriza o Curso como urbanocêntrico.
Abstract: When we reach the Pedagogy Course in Rural Education in deepening area in 2011, we thought we'd find people over 30 years with children, peasants, or who have difficulties in school access. However, we are faced with young students without children, and live mostly in the city. This created the desire in us we verify that the profile of the students of the course. I spend one to ask: Who are the students of the School of Education to Rural Education in deepening area? What reasons made them enroll in the Course? That was the problem that moved us to do this work. We follow the logic of exploratory research, as clarified by Gil (1999). We studied the movements of peasants who marked the Paraiba, since the 1950s; the Pedagogy Course with PPP Deepening Area in Rural Education; in addition to the analysis of data collected in the field research, mediated by a questionnaire to students on their profiles and the reasons that brought them to the course. We found that the course on screen in their roles, shows a concern with the issues that justify the Deepening area in the field issues. But contradictorily, students who are part of it do not have identities with the issues of the field and not get involved in peasant movements. A reflection of an urban course, with a little appropriate to the curriculum field. Lack a proper policy for Vocational Education with Deepening Area in Rural Education. What characterizes the course as urban centric.
Keywords: Educação do campo
Pedagogia
Perfis de alunos
Rural education
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO RURAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação do Campo
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4351
Issue Date: 20-Jul-2016
Appears in Collections:TCC - Pedagogia do Campo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EDASL01022017.pdf514,42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.